A igreja matriz de carutapera

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2718 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A IGREJA MATRIZ DE CARUTAPERA: DA PRIMEIRA PEDRA A SEGUNDA TEMPORADA DE CONSTRUÇÃO (1949-1950)


Introdução
A cidade de Carutapera tem sua existência marcada pela construção da Igreja Matriz de São Sebastião, mas que um templo, uma demonstração da força da união popular. Sua construção marcou uma geração, que enfrentou inúmeras adversidades, como falta de transporte, profissionais, materialespecifico entre outras adversidades. Tudo conspirava contra a edificação do templo dedicado ao padroeiro da cidade, São Sebastião, mas com um pensamento inovador de seu vigário e a contribuição popular, um dos mais belos templos religiosos do Maranhão foi erguido em uma das cidades mais isoladas do Maranhão, fato é que durante anos os moradores dependeram somente do mar para realizarem suasviagens.
A Igreja Matriz demonstra na sua imponência a capacidade de se vincular ao transcendente, a possibilidade de mudança e reciprocidade, características eminentemente religiosas, que são capazes, de transmutar o inexorável.

1. A importância do Fenômeno Religioso na construção da Identidade social
Em todas as civilizações a religião teve um papel primordial na identidade de um povo, quevê nos rituais sua participação e ligação direta com transcendente. Uma relação com o sagrado, que pode ser descrito como hierofani, palavra grega que significa “algo sagrado que esta sendo revelado”. É uma separação entre o mundo denominado profano, ou seja, aquilo que esta em frente ou do lado de fora do templo. A experiência religiosa perpasse esse caráter de cisão, uma eterna dicotomia, ondeelementos materiais comuns, como pedras, árvores, metais adquirem poderes sobrenaturais.

É o que sempre acontece, não importa se o sagrado se manifesta em uma pedra, numa arvore ou em Jesus Cristo. Alguém que adora uma pedra não está só pretendo homenagem para a pedra em si. Venera a pedra porque esta é uma hierofani, ou seja, ela aponta o caminho para algo que é mais do que uma simples pedra: éo “sagrado”. (GAARDER, 2000.p.18)

O fenômeno religioso pode ser descrito como um fenômeno social, definido por um sistema de relações entre seres humanos, que em reciprocidade buscam sua raiz ontológica do seu mundo. Quando se fala nessa relação entre humanidade e divindade, designa-se uma maneira própria de ser homem, que se sente relacionado e determinado por algo que é muito maior queele, dessa maneira sua experiência com o divino é condição sine qua para sua existência.
Essa ligação entre o mundo humano e divino organiza o espaço e o tempo, onde os seres humanos precisam garantir que a ligação e a organização se mantenham sempre propicias, isso acontece através dos ritos, onde objetos determinados, com pessoas ditas “escolhidas”, fazem a presentificação do sagrado.

Paraagradecer dons e benefícios, para lembrar a bondade dos deuses ou para exorcizar sua cólera, caso os humanos tenham transgredido as leis sagradas, as cerimônias ritualísticas são de grande variedade. (CHAUI, 2002.p.299)

Enquanto sistema simbólico que dá significado às coisas e às ações humanas, a religião influencia e determina comportamentos e propõe normas. Ela colabora para a construção doestilo e da identidade das culturas.
A religião cria papéis, comportamento, valores. Em alguns casos ela funciona como uma roupagem que o indivíduo veste para assumir sua pertença a determinado grupo e para proclamar a sua identidade específica. Por isso é comum, em alguns lugares ou em determinadas épocas e situações, ver a religião apoiando a ordem social vigente e legitimando poderes.Quando há a edificação de um templo sagrado busca-se dessa maneira, não só delimitar uma fronteira entre o mundo profano e o divino, mas manifestar concretamente o sagrado. Tudo que é empregado na construção assume um novo sentido, baseado no Tabu, ou seja, torna-se intocável, imaculado, onde poucos são os que podem manipular. É por isso que certos objetos tornam-se sagrados.
A religião toma um...
tracking img