A hora da estrela

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1612 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A HORA DA ESTRELA


INTRODUÇÃO

Tomando como base a obra “A Hora da Estrela” de Clarisse Lispector, pretende-se, neste trabalho, fazer uma análise desta tão renomada obra da Literatura Brasileira.
Primeiramente, será apresentada a autora. Sua maneira de escrever, sua história e alguns acontecimentos relevantes em sua vida. Não se pretende aqui, apresentar a bibliografia da autora, mas sim,apenas apresentar alguns dados que sejam importantes para a análise da obra, ou relevantes para nós, leitores.
Dando continuidade, será feira a análise crítica da obra, com destaque voltado para as significâncias dessa obra em relação aos sentidos deixados pela autora e sua contribuição para o leitor. Em seguida, para melhor entendimento, será realiza uma breve análise do filme, baseado na obra,e também uma comparação com a obra escrita.
Por fim, algumas considerações finais acerca do conhecimento obtido com a leitura e com o filme.


1 A AUTORA


Clarisse Lispector nasceu em 1920 em Tchetchelnik, na Ucrânia, no dia 10 de dezembro, tendo recebido o nome de Haia Lispector. Seu nascimento ocorre durante a viagem de emigração da família em direção à América. Chegam a Maceió emmarço de 1922 e por iniciativa de seu pai, à exceção de Tânia - irmã - todos mudam de nome, sendo que Haia passa a se chamar Clarisse.
Após a morte de seu pai, a escritora motivada por esse acontecimento escreve diversos contos: A fuga, História interrompida e O delírio. Esses contos serão publicados postumamente em A bela e a fera, de 1979. Clarisse consegue
um emprego de tradutora noDepartamento de Imprensa e
Propaganda - DIP - dirigido por Lourival Fontes. Como não havia vaga para esse trabalho, Clarisse ganha o lugar de redatora e repórter da Agência Nacional. Ali, convive com Antônio
Callado, Francisco de Assis Barbosa, José Condé e também, com Lúcio Cardoso, por quem nutre durante tempos uma paixão não correspondida: o escritor era homossexual. Além de textos jornalísticos,continua a publicar textos literários, colaborando com a revista dos estudantes de sua faculdade.
Sem a preocupação de fazer literatura documental, a escritora possuía uma inovação em suas obras. Combinava o ficcional e o sutil, demonstrando talento e influenciando a literatura contemporânea. As personagens criadas por Clarice possuem um sentido amplo, pois são seres humanos que buscam se libertar doslaços sociais e de convenções, podendo assim, criar o seu espaço.

2 A OBRA

A obra “A hora da estrela” foi publicada em 1977, pouco antes de a autora morrer. Por ser o último livro publicado pela Clarice é como se fosse a sua despedida, já que ela estava adoentada e fala de si no livro. É sua única obra com enfoque para aspectos da realidade e com uma intenção social.
Trata-se de uma obraúnica em que a personagem principal, a nordestina Macabéa, se apresenta ao mundo com total ausência de personalidade, desprovida de opinião visão de mundo, sem futuro, não pensa nela e não reage a quase nada. “A pessoa de quem vou falar é tão tola que às vezes sorri para os outros na rua. Ninguém lhe responde porque nem ao menos a olham”.(pág 30).
Macabéa representa a decadência do ser humano dianteda vida. Sua trajetória de vida é quase que ausente de uma história pessoal. Felicidade para ela é um conceito oco. Sua história é contada por seu autor, Rodrigo S.M. – alter-ego de Clarisse – de tal modo que os leitores podem acompanhar seu processo de criação. E, enquanto mostra a alagoana, órfã de pai e mãe, criada por uma tia, ausente de qualquer encanto, incapaz de comunicar-se com osoutros, acaba por nos fazer participar ativamente deste contexto. Sentimos pena, raiva, nojo, alegria junto com o narrador da história. “Ela tanto mais me incomoda quanto menos reclama. Estou com raiva”.(pág 41) O narrador revela seu amor e sua raiva pela personagem principal e sofre com a desumanização, mas também com a própria tendência em se tornar insensível.
Durante a narrativa, o leitor é...
tracking img