A historia da fisioterapia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2187 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Drenagem Linfática
Manual (DLM)

A DRENAGEM LINFÁTICA SOB TODAS
AS FORMAS
• A drenagem linfática é uma função fisiológica que tem como objetivo a

evacuação de dejetos e o transporte de elementos nutritivos, por
intermédio de canalizações denominadas vasos linfáticos;

• Os linfáticos associados às veias regulam o conteúdo do espaço intersticial
do corpo humano.

Quais são osmeios terapêuticos disponíveis que podem ser utilizados?



A ação do fisioterapeuta contra a insuficiência linfática pode se resumir a quatro
tipos de intervenção:

-

drenagem linfática manual;

-

pressoterapia;

-

bandagens com múltiplas camadas;

-

Contenções elásticas.

Drenagem Linfática
• A drenagem linfática drena os líquidos excedentes que banham as células,mantendo, dessa forma, o equilíbrio hídrico dos espaços intersticiais;

• Responsável pela evacuação dos dejetos provenientes do metabolismo
celular;

Efeitos
1. EFEITOS NA CIRCULAÇÃO SANGUINEA: A pressão exercida age sobre a circulação
sanguínea venosa, deslocando-a em direção centrípeta.

2. EFEITOS SOBRE O METABOLISMO: Em função da modificação circulatória, alguns
processosmetabólicos locais como a nutrição celular, são beneficiados.

3. EFEITOS SOBRE O TECIDO MUSCULAR: Por ser realizada com movimentos leves e
calmos provocam relaxamento da musculatura, favorecendo a eliminação do ácido
láctico nos músculos que foram submetidos a exercícios prolongados.

Efeitos
4. EFEITOS SOBRE A PELE: Diminui os inchaços, a desintoxicação dos tecidos e a
melhoria da oxigenação e danutrição celular.

5. EFEITOS SOBRE O SISTEMA NERVOSO: Transmitem aos receptores estímulos que
serão interpretados pelo sistema nervoso autônomo, diminuindo a sensação de
dor no local e promovendo bem-estar.

6. Outro efeito muito importante, sob o ponto de vista estético funcional, é a
eliminação ou amolecimento de aderências e retratações cicatriciais.

Indicações
1. LinfoedemaPrimário e Secundário;

7. Sinusite, Rinite e Otite;

2. Linfoedema do braço pós-mastectomia;

8. Varizes e pernas cansadas;

3. Edemas pós-operatórios e

9. Edemas da Gravidez;

póstraumáticos;

10. Enxaquecas;

4. Problemas circulatórios;

11. Artroses, Artrites, Gota;

5. Pós-cirurgia plástica;

12. Tendinites;

6. Pós-Lipoaspiração;

13. Celulite.

Contra Indicações:
1.Erupção de pele;

7. Asma;

2. Na vigência de infecções ou

8. Tuberculose;

ferimentos;
3. Neurites;

9. Hipotensão arterial;
10. Hipertiroidismo;

4. Câncer;

11. Problema cardíaco;
5. Varizes graves (trombose);
6. Processo inflamatório agudo;

12. Febre.

Manobras de DLM


Princípios básicos : EVACUAÇÃO (remoção) e CAPTAÇÃO (absorção);

- O processo de evacuação temcomo objetivo auxiliar a remoção da linfa e desobstruir
os pontos proximais, ou seja, as áreas de entrada para os linfonodos regionais, criando
assim a possibilidade de uma “aspiração” da linfa em direção centrípeta.
Deve-se iniciar sempre pelas manobras que facilitem a evacuação, feitas nos linfonodos
regionais, e só então seguir para as manobras de captação, realizadas ao longo das viaslinfáticas e nas regiões de edemas.

• Captação , realizada pela rede de capilares linfáticos., consequência do

aumento local da pressão tissular. Quanto mais a pressão aumenta, maior
é a recaptação pelos capilares linfáticos.

• Evacuação, longe da região infiltrada, dos elementos recaptados pelos
capilares. Esse transporte de linfa que se encontra nos vasos é efetuado

pelospré-coletores em direção aos coletores.
A captação é realizada no mesmo nível da infiltração. A evacuação é a
transferência dos líquidos captados longe da zona de captação.

As manobras são divididas em:
· Drenagem dos linfonodos;

· Círculos fixos;
· Círculos fixos alternados;
· Pressão em bracelete.

Drenagem de linfonodos
• Visa a evacuação da linfa e deve ser realizada diretamente...
tracking img