A história do amazonas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5720 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A HISTÓRIA DO AMAZONAS

A CONQUISTA DA REGIÃO AMAZÔNICA
Com o propósito de conquistar, explorar e colonizar a região Amazônica, durante o século XVI (1501-1600), dezenas de expedições foram realizadas, não só pelos espanhóis, mas também por portugueses, ingleses, franceses e holandeses.
De todas essas expedições, apenas duas expedições espanholas, partindo da cidade do Quito (Equador),conseguiram descer todo o rio Amazonas a chegar ao oceano Atlântico. Foram as expedições de Francisco Orellana e Ursua-Aguirre.
O temor das invasões estrangeiras e o interesse nos produtos naturais da região levaram a Portugal a iniciar a conquista da região Amazônica no século XVII. Em janeiro de 1616, o português Francisco Caldeira Castelo Branco fundou, na boca do rio Pará, dessa maneira assegurouaos portugueses a possibilidade de penetrar na região Amazônica.
Nessa ocasião, os portugueses destruíram centenas de aldeias de índios Tupi da região; para isso, contaram com ajuda de alguns índios que estavam á seu serviço. Com o objetivo de conquistar para Portugal o maior rio do mundo, em 1637 os portugueses organizaram uma expedição composta por cerca de 70 soldados e 1.100 índios remeiros.Comandada por Pedro Teixeira, essa expedição partiu de Cametá (Pará) e chegou á Quito, subindo o rio Amazonas.
Acompanhando a viagem de volta, o padre espanhol Acunha fez um importante relatório sobre os numerosos povos indígenas que habitavam ao longo do rio Amazonas, tendo ficado muito impressionado com a beleza da cerâmica dos Omágua.
Originalmente, a área do atual Estado do Amazonas nãointegrava as terras portuguesas, conforme os termos do Tratado de Tordesilhas, ficando sob domínio espanhol. O primeiro europeu a percorrer todo o curso do rio Amazonas teria sido o espanhol Francisco de Orellana, entre 1539 e 1541, desde a cordilheira dos Andes até ao Oceano Atlântico. Iniciava-se, à época, a lenda de que a mítica cidade de El Dorado ficaria em algum ponto entre o Amazonas e asGuianas. Orellana afirmou ter encontrado e combatido uma tribo de mulheres guerreiras e por isso batizou aquele curso de "rio das Amazonas", em referência às personagens da mitologia grega. Um companheiro de Orellana, Gonzalo Hernández de Oviedo y Valdés, divulgou relatos da expedição, com descrição das riquezas e dos habitantes da região, que foram publicados em Veneza em 1556.

Uma nova expediçãoem 1561 tentou repetir a façanha de Orellana, mas quase não conseguiu: o comandante, Pedro de Ursua, foi assassinado pelo seu sucessor, Lope de Aguirre, que enlouqueceu vítima de delírio tropical. Cruel em todos os aspectos Aguirre também matou sua filha de quinze anos e vários índios.
A primazia da ocupação da foz do grande rio (atuais estados do Amapá e do Pará), em função da sua exploraçãoeconômica, coube a ingleses e holandeses, que instalaram feitorias nas margens dos maiores rios da região, para extrair madeira e especiarias, como o cravo, o urucum, o guaraná, resinas e outros (as chamadas drogas do sertão), desde 1596.
Em 1669, foi fundado o Forte de São José da Barra do Rio Negro, na área onde hoje fica Manaus, pelo capitão português Francisco da Mota Falcão. A fortificação serviucomo base para o (esparso) povoamento da bacia amazônica, permitindo a subida dos rios Negro e Branco, no atual Roraima, de onde se chegava ao Orinoco. Também começou a ocupação dos rios Solimões (Alto Amazonas) e Madeira. Os primeiros colonos enfrentaram hostilidade dos nativos, como as tribos dos torás e manaós (que deram origem ao nome da capital) do cacique Ajuricaba, que investiam contra ospovoamentos e destruíam casas e instalações.

O COLONIALISMO
Na região Amazônica, os portugueses não encontraram nem ouro nem prata, mas descobriram as famosas drogas do sertão. As drogas do sertão eram produtos naturais colhidos na floresta Amazônica. Por exemplo: cacau, urucum, cravo, canela, anil, sementes oleaginosas, raízes aromáticas, salsaparrilha, baunilha, puxuri, guaraná, plantas...
tracking img