A história da riquesa do home

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1537 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1776 foi o ano de revolta. Um número cada vez maior de pessoas não concordava com a teoria nem com a prática mercantilista. Não concordava porque sofria com elas. Os comerciantes queriam uma parte dos enormes lucros das companhias monopolizadoras privilegiadas. Os homens que tinham dinheiro desejavam usá-lo como, quando e onde lhes aprouvessem. Os governos desejavam ajudar a indústria. Não podiamajudar uma classe sem ajudar a outra.
Na Prússia, em 1770, os produtores de lã não podiam exportar seu produto. Objetivo: manufatura de tecido, assegurando aos fabricantes bastante matéria- prima a preço barato. Os produtores de lã protestavam. Em 1721 fizeram uma petição ao rei solicitando q a lei fosse abolida. Mais o rei Frederico Guilherme I apegou-se a politica de restrição. “Na ata dacâmara dos comuns, do dia 8 de maio de 1820, encontramos sua defesa do comercio livre:” Uma petição dos mercadores da cidade de Londres foi apresentada e lida: dizia ela q o comercio exterior conduz acentuadamente à riqueza e prosperidade do pais permitindo-lhe importar as mercadorias para cuja produção o solo, clima, capital e indústria de outros países são aptos, e exportar em pagamentos os artigos qmelhor produz: q a liberdade de qualquer limitação de destina a dar a maior expansão ao comercio exterior, e a melhor direção ao capital e indústria do pais: que a máxima de comprar no mercado mais barato e vender no mais caro. Tornando o comercio do mundo um intercambio com vantagens mutuas e difundiria o aumento de fortuna e melhor vida entre os habitantes de todos os países.
O inquiry intothe nature and causes of the wealth of nations, de Adam Smith, domina a imaginação public. Ao contrario de autores anteriores, para os quis o estado devi a seguir esta ou Aquela politica para tornar se poderoso, Adam Smith se ocupava mais dos estudos das causas que influenciam a produção e distribuição da riqueza. Mercantilistas tinham interesses a defender, mas os ocultava dizendo que o pais setornariam mais rico defendendo precisamente esses interesses. Smith interessou-se mais pela analise do q pelas sugestões praticas. E atordoou o assunto de formas cientifica. Ouve outros que a desmascararam também. Atacaram seus princípios. Toda medida mercantilista teve seus críticos. 16690 Nicholas Bardon, no Discourse of trade, escrevia:” a proibição dos comércios é a causa de sua decadência, poistodos os produtos estrangeiros são trazidos pela troca com as mercadorias locais”. 1691 Dudley North livro Discurse upon trade. “não a muito”. Ouve grande agitação com pesquisa sobre a balança de importação e exportação. Q não pode haver comercio sem livros para o publico, pois quando não a lucro o comercio é abandonado... que nenhuma lei pode estabelecer prêmios, ao comercio, pois estes devemvir por si mesmos. E, quando essas leis são baixadas são prejudiciais.
E a noção mercantilista da importção para um pais tinha um estoque de ouro e prata? Deivid Hume amigo de Adam Smith destruía em 1742. Mostrou que um grande tesouro não trás vantagens duradouras no pais. Todo pais com dinheiro metálico consegue um volume de ouro que estabelece seus preços de modo a equilibrar as importações e asimportações. Evidente q a maior ou menor abundancia em dinheiro não tem importância: pois os preços das mercadorias é sempre proporcional a abundancia do dinheiro.
Quando os preços se elevam, os consumidores em outros países compraram menos suas mercadorias. Isso significa que o pai exportara menos. Exportações não corresponderam às importações. O pai comprara de outros quantidade de mercadoriasmaior do que estes lhe compram. Se suas exportações não pagam as importações, a diferença terá q ser paga em dinheiro, o que implica a perda de ouro para o pais q os preços se elevar. Essa perda reduzira o total de dinheiro em circulação, e os preços, portanto, airam novamente; os outros países verificam q podem novamente comprar barato as mercadorias, e com isso a s exportações se elevam outra...
tracking img