A formaçao do negro na sociedade capitalista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (880 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Referente 2.2 - A dificuldade no acesso à educação, à saúde, aos direitos básicos e fundamentalmente a fragilidade na garantia do acesso à terra, coloca as comunidades quilombolas numa grave situaçãode exclusão sócio-econômica que se reflete com mais força nas crianças. A não efetivação do direito à terra aniquila, seja pela desnutrição, pela violência ou pelo deslocamento forçado aos grandescentros urbanos, as comunidades quilombolas no País, que se constituem como um dos patrimônios culturais e sociais mais importantes de nossa história.

2 - A força ideológica do quilombo foi frisadanessa capacidade relevante de se manter como espaço de proteção das peculiaridades culturais afro-brasileiras. Seja no período pré-abolição ou no tempo da assinatura da lei Áurea, podemos identificaros frutos dessa proteção na atualidade. Quando os recém libertos iam exercer sua liberdade, se perceberam ainda a margem no ambiente social, como alternativa a segregação surge a continuação dasegregação coletiva.

3 - A identidade quilombola é uma posição ideológica e pode ser definida como uma mobilização do Movimento Negro no período colonial que se estende até a atualidade. Citamos porexemplo, as comunidades de remanescentes de quilombo contemporâneas e suas lutas por permanência em seus territórios. E, sobretudo, o caráter educativo dessa resistência para a fundamentação do MN.

4 -A identificação coletiva é sempre processo e construção e só pode ser entendida levando em conta contextos históricos e políticos. Tanto o silêncio sobre a cor como ética social, quanto suareivindicação, hoje, como bandeira de luta, são frutos diferentes da presença difusa do racismo na sociedade brasileira em suas complexas relações com a memória do cativeiro.

Referente a 2.1 - O elementofundamental do modo de produção capitalista, que teve seu impulso com a Revolução Industrial, é a mercadoria, tendo como objetivo principal o acúmulo de capital / lucro.
O homem a partir da...
tracking img