A filosofia do direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5332 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Curso de Filosofia Geral e do Direito
Professor: Claudemir Basquera
Alunos (as): Daniel W. Dunker
Osnir Costa
Roberta Ullrich

PERGUNTAS
1) A “origem” e a “definição” do termo filosofia.
2) Diferenças entre o pensamento filosófico o senso comum, o religioso, o cientifico e psicológico.
3) Significado dos termos:
Ética | Epistemologia | Noseologia |
Moral | Deontologia| Empirismo |
Estética | Metafísica | Sofismo |
Lógica | Ontologia | Retórica |

4) Como o pensamento filosófico explica:
a) A morte;
b) A origem da vida;
c) O mundo;
d) As verdades;
e) As religiões.

5) Pesquisar os mitos
a) Mito da “Caverna de Platão”;
b) Mito de “Prometeu Acorrentado”;
c) Mito de “er”;
d) Mito da origem do mal (A Caixa dePandora).

RESPOSTAS
1)
Dentre vários estudiosos alguns afirmam que a filosofia tem data e local de seu nascimento que foi o no final do século VII a.c e inicio do século VI a.c, nas colônias Gregas da Ásia menor. Porem a autora Nelci S de Oliveira discorda destacando que a filosofia nasceu dois mil anos antes dos Gregos com Toth que e conhecido como Hermes Trismegistus e na Índia ainda maiscedo com Krishna, com cerca de três mil anos antes do primeiro filosofo ocidental.
Porem para a grande maioria dos autores o berço da filosofia é a Grécia, para Gilberto Coltrim a filosofia passa por um longo processo histórico promovendo a passagem do saber mítico ao pensamento racional, sem romper com os conhecimentos do passado.
Já a definição do termo filosofia deriva de uma palavra grega sendocomposta de duas outras “philo” e “sophia”. Seu significado é philo “aquele ou aquela que tem um sentimento amigável’ e sophia quer dizer “amizade”.
Então filosofia significa “amizade pela sabedoria” ou “amor e respeito pelo saber” sendo Pitágoras de Samos, a atribuição da palavra filosofia.

2)
SENSO COMUM: O pensamento filosófico impõe uma maneira de observar, admirar, contemplar equando postula, procura as causas primeiras, tenta explicar, faz críticas sobre tal propósito, sempre favorecendo a liberdade humana de pensar e avança sem recair necessariamente os domínios de fé e crença religiosa. Já o senso comum nos trás as noções superficiais, gerais sobre o mundo absorvidas pelo homem, não é provido de estudos aprofundados e sempre apresenta insuficiência de métodos paraaveriguar uma realidade, um sentido ou até um fenômeno, entretanto é só do senso comum que surgem as grandes indagações humanas.
PENSAMENTO RELIGIOSO: Nascida com o próprio homem que se mostrou desde o principio engajado em obras místicas e cultas, tendo várias das comunidades mais rudimentares com seus poderes estruturados nos poderes religiosos e espirituais. A fé liberta o homem da contingência emque se encontra quando poderes sobrenaturais, cósmicos e espirituais interferem na constituição das regras da existência humana; A fé é tida como um recurso único da humanidade, portanto, quem tem fé, seja em qualquer poder, determina seu modo de proceder e interpretar a vida a partir de sua crença.
PENSAMENTO CIENTÍFICO: Buscam-se as causas dos fenômenos para explicá-las, tentam explicar de todasas formas os fenômenos que circundam a existência da humanidade com maior objetividade possível.
PENSAMENTO PSICOLOGICO: A psicologia como uma ciência estuda conflitos inerentes entre o individuo, grupo ou sociedade. Estuda as interações sociais quer sejam elas imaginariam ou reais.
Já a filosofia não sendo uma ciência, pois não realizam pesquisas empíricas porem abordadas questões como éticamoral, e dialéticas das ciências sociais.
3)
MORAL/ETICA: os conceitos de moral e ética, embora sejam diferentes, são com frequência usada como sinônimos. Alias a etimologia dos termos e semelhante; moral vem do latim mos, moris que significa “maneira de se comportar regulada pelo uso”. A ética vem do grego ethos, que tem o mesmo significado de “costumes”.
Em sentido bem amplo, a moral e...
tracking img