A existencia de deus

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3053 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE PAN AMERICANA – FPA
DOCENTE: PROFESSOR MESTRE WLADIRSON CARDOSO
DISCENTE: JOSÉ AGOSTINHO DOS SANTOS OLIVEIRA


















ARTIGO: DE QUE FORMA PODEMOS IDENTIFICAR AS RESSONÂNCIAS DO PENSAMENTO DE MARX, NIETZSCHE E FREUD NA FILOSOFIA DE MICHEL FOUCAULT.

























CAPANEMA – PARÁ 2012
DE QUE FORMA PODEMOS IDENTIFICAR ASRESSONÂNCIAS DO PENSAMENTO DE MARX, NIETZSCHE E FREUD NA FILOSOFIA DE MICHEL FOUCAULT.

José Agostinho dos Santos Oliveira


Resumo
Michel Foucault é considerado um dos filósofos contemporâneos mais instigantes e polêmicos. Trata de um leque admirável de temas, tendo um valor que lhe é peculiar, o de "olhar" crítico sobre si mesmo, ao desenvolver um discursocoerente e consciente de sua flexibilidade, mobilidade e abertura no que se refere ao método epistemológico sobre hermenêutica do sujeito. O presente estudo sem a pretensão de esgotar a profundidade do tema pretende focalizar os aspectos do pensamento desse teórico, assim como o seu método em relação e comparação ao pensamento de Marx, Nietzsche e Freud sobre a arte de interpretar. Pretende-seassim salientar a contribuição de Foucault dentro da filosofia, naquilo que há de mais inovador, ou, talvez, contestador na interpretação dos fatos.

Palavras chaves: Foucault, Hermenêutica, Interpretação de Interpretação, Sistema aberto.
Abstract
Michel Foucault is one of the most exciting contemporary philosophers and controversial. This is a remarkable range of topics, with a value that ispeculiar to the "look" critical of yourself, to develop a coherent and aware of their flexibility, mobility and openness with regard to the epistemological method of the hermeneutic subject. The present study without claiming to exhaust the depth of the topic you want to focus on the theoretical aspects of this thought, as well as its method and compared in relation to the thought of Marx, Nietzscheand Freud on the art of acting. The aim is to highlight the contribution of Foucault in philosophy, what is most innovative, or perhaps contesting the interpretation of the facts.

Words-Key: Foucault, Hermeneutics, Interpretation of Interpretation, Open System.























Introdução
Michel Foucault pode ser definido como o filosofo das visibilidades aoconsiderarmos que ele atribuía à filosofia não a tarefa de desvelar o que está culto, mas tornar perceptível aquilo que está tão próximo e tão intimamente ligado ao sujeito e que lhe parece invisível. Assim no exercício dessa tarefa Foucault diagnostica o mundo ocidental como “confessante”, ao denunciar uma sociedade na qual falamos a verdade àquelas cuja autoridade nos libertará. Em suas incursõesarqueogenealógicas, ele argumenta que as práticas hermenêuticas originadas da confissão cristã, são hoje os instrumentos dos quais as formas complexas de poder lançam mão para nos dizer quem somos e o que devemos fazer, em outras palavras, são usadas para nos conduzir. Para Foucault, todo sujeito é um ser hermenêutico constituído na trama das estruturas de poder. Desta maneira, através do olhardesse filosofo, este artigo busca evidenciar o conceito de hermenêutica compreendido por Michel Foucault. Nesta perspectiva de maneira objetiva será apresentado a origem de suas práticas na antiguidade e sua face moderna a partir dos mestres da suspeita Nietzsche, Marx e Freud, bem como o seu papel na constituição ética do sujeito. Para tal estudo será levado em consideração às transcrições e opensamento do Autor sobre A Hermenêutica do Sujeito.





















De inicio será discorrido sobre a etimologia do termo hermenêutica cuja origem é o verbo grego hermeneuein, que significa interpretar, e o substantivo hermeneia, interpretação. Ambos obviamente remetem ao deus-mensageiro grego Hermes, sendo ele não apenas o portador de uma mensagem que transita...
tracking img