A estrutura organizacional como meio para ganho de desenpenho: uma análise da estrutura organizacional de pequeno porte visando à sugestão de melhoria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5099 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO – ICSC
CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

A Estrutura Organizacional COMO MEIO PARA GANHO DE DESENPENHO: uma análise da estrutura organizacional de pequeno porte visando à sugestão de melhoria.

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO – SP
2012


A Estrutura Organizacional COMO MEIO PARA GANHO DE DESENPENHO: uma análise da estrutura organizacional depequeno porte visando à sugestão de melhoria.

Estudo de Caso – trabalho apresentado para a avaliação do primeiro bimestre, em disciplinas do 3º/2º semestres, do curso de Administração da Universidade Paulista, sob a orientação do professor Rui Dezani.

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO – SP
2012

Sumário
INTRODUÇÃO 4
1 Fundamentação Teórica 5
1.1 Conceito de Organização como entidade social 51.1.1 A nova organização e o novo funcionário 5
1.2 Perspectivas de sistemas abertos 6
1.3 Organização como função administrativa 6
1.3.1 Fundamentos 6
1.3.2 Elementos do processo de organização 9
1.4 Projetos Organizacionais e eficiência administrativa 10
1.4.1 Estruturas organizacionais tradicionais 10
1.4.2 Estruturas organizacionais emergentes 11
1.5 Novas perspectivas emestruturas organizacionais 12
2 Estudo de Caso 14
2.1 Perfil da Organização 14
2.1.1 Apresentação da empresa 14
2.1.2 Produtos e Clientes 14
2.1.3 Força de Trabalho 15
2.1.4 Principais insumos 15
2.2 Estrutura Organizacional 16
2.2.1 Descrição das condições ambientais encontradas 16
2.2.2 Descrição da estrutura organizacional 16
2.2.3 Avaliação da empresa/organização quantoà sua eficácia, eficiência e adaptabilidade. 17
3 Análise e Sugestão de Melhorias 18
CONSIDERAÇÕES FINAIS 19
Bibliografia 20
APÊNDICE A - CRONOGRAMA DE ATIVIDADES PREVISTAS 21
APS – 2012 - CURSO: ADMINISTRAÇÃO 21
APÊNDICE B - REGISTRO DE ATIVIDADES REALIZADAS 23
APS – 2012 - CURSO: ADMINISTRAÇÃO 23
ANEXO 2 – Fotografias da visita técnica à empresa 24
FICHA DE COMPOSIÇÃO DAEQUIPE 25


INTRODUÇÃO

Sabe-se que o mercado atual está cada vez mais competitivo e para manter-se estável, é necessário, além dos conhecimentos técnicos, teóricos e operacionais, conhecer os processos organizacionais utilizados pelos administradores e colaboradores, afim de que toda a estrutura da empresa possa alcançar maior eficiência e desempenho em busca de uma melhor rentabilidade.
Otrabalho apresentado visa confrontar a teoria estudada em sala de aula com a prática vivenciada dentro da organização, com objetivo de identificar e sugerir melhorias para os pontos fracos identificados na organização, como também elevar seus pontos fortes, definindo seu sucesso e estabilidade no mercado globalizado cada vez mais exigente. A partir de uma visão mais crítica, obtida através das aulas,a identificação de ideias para a resolução dos problemas, tem como objetivo uma melhora na empresa, para que possa atender a todos os requisitos exigidos.
As Atividades Práticas Supervisionadas – APS consistem em um trabalho semestral, interdisciplinar, extraclasse e em equipes de seis alunos. Visa o aprimoramento da aprendizagem, relacionando a teoria adquirida em sala de aula com a prática pormeio da aplicação do conhecimento teórico.
O trabalho se constituiu em visita técnica a uma empresa de pequeno porte do ramo de produção de equipamentos para prática de atividade física – Pro Rio – Equipamentos para Academia, tendo como principal objetivo analisar as características principais da abordagem da estrutura organizacional utilizada pela empresa.

1 Fundamentação Teórica2.1 Conceito de Organização como entidade social
A organização como entidade social é composta por pessoas e seus inter-relacionamentos, sendo um conjunto de atividades e ideias que se interagem entre si com a finalidade de atingir objetivos em comuns. Possui como característica incluir a sociedade como elemento organizacional, e coloca o conselho no centro da organização ao invés de deixa-lo...
tracking img