A escravidao do negro no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1713 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A escravidão do negro no Brasil
Com a chegada dos portugueses ao Brasil, a fim de explorarem nossas terras. Os mesmos começaram a escravizar os índios que ali habitavam, esse trabalho de exploração necessitava de uma mão de obra, forte e permanente. Os índios se rebelavam contra a escravidão, e acabaram travando guerras contra os europeus. A partir de então os portugueses começaram a trazer osnegros da África para serem escravizados aqui no Brasil. As condições de transporte desses negros eram muito precárias, muitos até morriam dentro de porões de navios , ao chegarem no teu destino, eram vendidos como se fossem mercadorias, imóveis e animais. Sendo obrigados ao trabalho escravo, e quando não atendiam as expectativas de seus senhores, eram brutalmente violentados, chicoteados,mutilados levando-os a morte.Viviam em situação sub humana, sendo arrancados de sua família e proibidos de exercer sua religião.
Foram décadas de escravidão, o tráfico negreiro exercia um grande lucro para o império, embora a mão-de-obra escrava não subestimasse muitos lucros para a economia.
Alguns negros juntavam dinheiro e compravam sua carta de alforria, e aqueles que reagiam ao trabalho escravofugiam para os quilombos, que abrigava vários fugitivos. Lá eles viviam do cultivo do milho , feijão e do artesanato.
Antes da abolição, ocorreram um grande processo e leis citadas abaixo:
_ com interesses lucrativos, e a fim de expandir a economia pelo mundo, é colocada aos Ingleses a Lei de Bill Aberdiem, que proibia o tráfico de escravos. Mas essa Lei não teve muito êxodo, pois o tráficonegreiro continuara;
_Com a pressão da Inglaterra sob o Brasil, é finalmente aprovada em 1850 a Lei Eusébio de Queiroz que acabava de vez com o tráfico negreiro;
_Lei do ventre livre, de 1871, que declarava como livres os filhos de mães escravas nascidos a parti daquela data. No entanto chegaria a obter a liberdade, após os 21 anos de idade, até lá eles eram obrigados a trabalhar para seussenhores.
_Lei dos sexagenários de 1885, decretava livres os escravos com 60 anos de idade.
_E por fim em 13 de Maio de1888, é decretado, e assinada pela princesa Isabel a Lei Áurea que pós fim na escravidão.
A final houve tal ‘’liberdade’’ referida a LEI Áurea?
De um modo sim, os negros foram libertos de seus senhores, mas há uma contradição pois quando foi decretada a abolição a escravatura,os mesmo foram jogados na rua como se fossem marginais, não houve e não há uma preocupação de governantes em fazer um trabalho de reintegrá-los a sociedade. Isso explica o porque de grandes problemas da sociedade de hoje com relação ao negro, o racismo, a pobreza e a violência tudo isso é decorrência de uma Lei Áurea mal conceituada e planejada.
Até o momento atual, há na sociedade pessoas quevêem o negro com preconceito e inferioridade, apesar de representar 45% da população brasileira, as consequências deixadas pela escravidão jamais serão apagadas e difíceis de serem ajustadas. Muitos negros vive hoje em estado de pobreza, a maior parte dos assassinatos acontecem com jovens negros, eles ocupam poucos cargos importantes e poucos tem um curso superior.

A Era Vargas e a políticatrabalhista
Uma das maiores feitorias política de Getúlio Vargas, foi trazer as classes trabalhadoras para a agenda do Estado, politizar a “questão social”, tirando-a do espaço exclusivo da criminalização e das delegacias policiais.
Vargas precisava da classe operária como força, suporte, em sua relação com as classes que de fato ele representava, ou seja, as frações agrárias tradicionais e asforças industriais emergentes. Mas para representar os de cima, precisava do apoio dos de baixo. É aqui que reside o papel central de legislação social e trabalhista criada sob o governo Vargas, desde o início dos anos 30, até a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).
Nesse sentido o Getulismo demonstrou enorme competência ao captar algumas das principais reivindicações dos trabalhadores...
tracking img