A escrava isaura e o romantismo no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2321 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA



Graduação em Letras – Licenciatura em Língua e Literatura Vernáculas



Disciplina: Literatura Brasileira I

Professor: Dr. Marcio Markendorf




ENSAIO LITERÁRIO:

A escrava Isaura e o Romantismo no Brasil





Aluna: Joice Taú
No início do século XIX, idealizava-se noBrasil uma literatura que representasse o autêntico espírito nacional. Este processo de institucionalização da nossa literatura esteve intimamente ligado ao processo de independência política. Em 1834 três jovens autores brasileiros, membros do Instituto Histórico de Paris, Domingos José Gonçalves de Magalhães, Francisco de Sales Torres Homem e Manuel de Araújo Porto-Alegre publicaram umacomunicação intitulada “Resumo da história da literatura, das ciências e das artes no Brasil” na qual falavam das bases que sustentariam o discurso de fundação de uma cultura verdadeiramente nacional para o país que há pouco havia se tornado independente (1822), dando o pontapé inicial ao Romantismo Brasileiro.
O Romantismo significou para nossa literatura um período de grande evolução, pois transmitiaum sentimento nacionalista e de rejeição à literatura produzida na época colonial, que era feita no modelo português. Cria-se no Romantismo, portanto, a identidade nacional. A primeira geração romântica tinha a preocupação de garantir essa identidade que nos separava de Portugal e buscar no passado histórico elementos de origem nacional. Os autores passaram a exaltar a natureza e a valorizar oindivíduo, criando o herói nacional na figura do índio, de onde surgiu o nome da primeira fase do romantismo de “geração indianista”. Os autores exaltam de forma exagerada a beleza e a pureza da cultura indígena que representava na época uma cultura genuinamente nacional.
Outro fato muito importante do Romantismo foi a criação de um novo público. Com a formação dos primeiros cursos universitáriosem 1827 e com o liberalismo burguês, dois novos elementos da sociedade brasileira representavam o mercado consumidor da época: o estudante e a mulher. A literatura tornou-se mais popular, diferente dos estilos de época de características clássicas. O romance ganhou destaque por ser um gênero literário novo e fácil, que agradava o público-alvo. Os primeiros romances brasileiros eram publicados emfolhetins e por muito tempo foram considerados pelos literatos sérios como uma leitura fraca, criada apenas para ser algo de fácil digestão para aqueles de estômago fraco.
A publicação em folhetins – histórias divididas em capítulos aparecendo a cada dia nos jornais – surgiu com a vinda da família real ao Brasil (1808) quando a imprensa passou a existir. Os folhetins desempenharam importantepapel no desenvolvimento do romance romântico. Na década de 1830 a maior parte destes folhetins era composta por traduções de romances de origem inglesa, como as histórias medievais de Walter Scott, ou francesa, como as aventuras dos Três Mosqueteiros de Alexandre Dumas. Emocionados, os brasileiros acompanhavam essas aventuras distantes, transportando-se, em espírito, para os campos e reinos daEuropa.
Na década de 1840 começam a aparecer alguns folhetins de autores nacionais, ambientados no Brasil. Teixeira e Sousa (1812-1861) estreia em 1843 com O Filho do Pescador. No ano seguinte Joaquim Manuel de Macedo (1820-1882) publica A Moreninha, que teve boas críticas, sendo considerado o primeiro romance nacional “apreciável pela coerência e pela execução”. Em meio a essa onda melosa dosprimeiros romances de folhetim, surge em 1852/53 uma obra excêntrica de um jornalista carioca com seus vinte e poucos anos chamado Manuel Antônio de Almeida (1831-1861). Memórias de um Sargento de Milícias retratava de forma irônica a vida da burguesia carioca no tempo da corte portuguesa no Brasil. O público interessava-se cada vez mais por romances de aventuras que apresentasse o cenário...
tracking img