A escolha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2102 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Amputações




I -Introdução



A amputação é uma disfunção ortopédica caracterizada pela retirada de um membro, ou de parte dele, por meio cirúrgico ou mutilação, que resulta em incapacidade física direta.

As causas mais comuns de amputações são: traumas, infecções, neoplasmas e doenças vasculares A amputação pode levar a várias complicações, tais como edema, ulcerações, dorfantasma, infecções, entre outras no membro residual, ou seja, no coto que se define como um novo membro responsável pelo controle da prótese.

A perda de um membro, seja em qualquer nível, repercute de forma significativa em todos os aspectos da vida do sujeito por ocasionar um impacto na execução das atividades da vida diária devido às alterações nas habilidades funcionais e psicossociais doindivíduo, tornando-o menos independente e afetando diretamente no seu comportamento.

O indivíduo necessita reorganizar sua consciência corporal, tanto em relação a si quanto em relação aos demais, podendo focar sua atenção na perda da aparência física normal e tentar esconder a "deformação".

Para tanto, é necessário um programa de reabilitação, que implica na readaptação do indivíduo a sua novacondição física a fim de proporcionar uma maior aceitação do seu estado corporal e conscientizar a respeito de suas habilidades e limitações do membro amputado.

Diante disso, torna-se imprescindível o acompanhamento desses indivíduos por uma.
equipe de reabilitação multidisciplinar composta por médicos, fisioterapeutas,
protesista, assistente social, terapeutas ocupacionais, entre outros.II Etiologia MMSS

A maioria das amputações resulta de trauma, doença vascular periférica (DVP), doenças vasoespasticas periféricas, infecções crônicas, lesões químicas, térmicas ou elétricas e tumores malignos. A decisão de amputar um MS pode ocorrer em resultado de uma lesão grave ou completa do plexo braquial

As amputações dos membros superiores ocorrem em menornúmero que as dos membros inferiores, provavelmente por serem estas últimas ocasionadas por grande número de alterações vasculares.

Nas amputações de MMSS, as traumáticas somam 75% do total e ocorrem, principalmente, em homens entre 15 e 45 anos de idade. Os tumores e as doenças vasculares periféricas são responsáveis, em igual proporção, pelo restante das amputações.III Níveis de amputação MMSS



• Desarticulação escapular: Casos em que deve retirar toda a escápula, em geral são casos de tumorações malignas que exigem por segurança essa intervenção.Apesar de muito mutilante ,mesmo assim se poderá aplicar prótese funcional ,embora a fixação dessas próteses seja muito difícil.

• Desarticulação debraço :Se possível deve ser retirada a desarticulação total do braço .A ausência da cabeça do úmero ,além de trazer deformidades acentuadas ao ombro e desvio da coluna vertebral.Dificulta a boa adaptação do arreio suporte para uma fixação perfeita e bom uso do aparelho terminal da prótese.

• Amputações de braço: O comprimento mínimo de um coto de braço para uso efetivo de prótese funcionalé de 12 cm abaixo do acrômio .Este nível deixa intacta a inserção do grande peitoral mas ,mesmo assim ,cotos deste comprimento são de difícil adaptação ,movimentando com dificuldade e deficientemente as próteses. O comprimento ideal para se colocar uma prótese de braço com cotovelo funcional automático é ao nível da junção do terço médio com o terço inferior do úmero .

• Desarticulação decotovelo: ou as amputações bem próximas a ele não são boas do ponto de vista da cosmose, pois não há espaço para se colocar como unidade de cotovelo com controle automático.

• Abaixo do cotovelo: tudo o que puder ser deixado é bom ;abaixo da inserção do bíceps ,já se obtém um conto que, apesar de muito curto ,poderá acionar uma prótese através de mecanismo multiplicador

•...
tracking img