A escola do design

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1680 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PREMISSAS DA ESCOLA DE DESIGN
       Existem várias premissas subjacentes nesta escola, algumas são muito evidentes e outras somente são reconhecidas em sua forma implícita. Segue sete delas enumeradas (junto com referências as contribuições de Andrews em seu texto de Harvard, Christensen e col., 1982).

 

1. A formação da estratégia deveria ser um processo deliberado de pensamentoconsciente. A ação deve fluir da razão, as estratégias efetivas derivam de um processo de pensamento extremamente controlado. Por exemplo, em outra publicação Andrews sugeriu que os gerentes só “sabem realmente o que fazem” se pensam em suas estratégias da forma mais “deliberada” possível. Neste sentido, a criação de estratégia não é uma atitude natural, nem intuitiva, e sim adquirida: deve ser aprendidaformalmente.
2. A responsabilidade pelo controle e conhecimento deve ser pelo dirigente principal da organização: essa pessoa é o estrategista. Definitivamente, para a escola de desenho existe somente um estrategista: a pessoa que se encontra no topo da pirâmide organizacional. Por esse motivo Andrews associou todo o processo voltado para o CEO, pode-se observar que através dessa premissa osoutros membros da organização são relegados a um papel de subordinados na formação de estratégia e que também se exclui qualquer participante externo do processo (exceto acionistas, que segundo Andrews, devem também analisar a estratégia).
3. O modelo de estratégia deve manter-se simples e informal.  O prefácio do livro de Harvard contém a seguinte citação “A idéia de estratégia corporativa constituiuma simples teoria de profissionais, uma espécie de projeto conceptual acessível para todos”. Esta opinião contém a idéia de que a elaboração e formalização minavam a essência do modelo. Na realidade essa premissa é completada do seguinte modo: assegurar que a estratégia seja controlada apenas por uma pessoa é uma forma de manter a simplicidade do processo.
4. As estratégias devem ser únicas: asmelhores são provenientes de um processo de design individualizado. Tal como sugerido anteriormente, o que importa é a situação específica, não qualquer sistema de variáveis gerais. Daqui se deduz que as estratégias devem ser adaptadas aos casos individuais. Como resultado a escola de design diz pouco sobre o conteúdo das estratégias e se concentra no processo mediante ao qual devem ser iniciadase fundamentalmente este processo deve ser um “ato criativo” que gere uma concorrência característica.
5. O processo de design está finalizado quando aparece inteiramente formulado como perspectiva. Esta escola oferece pouco espaço para o crescimento, o surgimento de estratégias, as quais requerem “formulação” continua depois da “aplicação”. Deve aparecer o panorama geral, a estratégia absoluta,um conceito total de negócio. Em outras palavras, aqui não se encontra uma visão, mas sim uma versão bíblica: a estratégia é a concepção absoluta, a decisão final. Como perspectiva, em algum momento aparece formulada pronta para sua aplicação.
6. Estas estratégias devem se explícitas, para que não perca a simplicidade. Como no caso de todos os autores desta escola, Andrews acreditava que asestratégias deviam ser explícitas para aqueles que a criavam. Também era necessário articular um modo de que ela ficasse compreensível para todos os membros da organização. Portanto devem ser bastante simples “a simplicidade é a essência da boa arte”, escreveu Andrews; “uma concepção de estratégia proporciona simplicidade á organizações complexas”.
Finalmente, somente depois que essas estratégiasúnicas, maduras, explícitas e simples tenham sido formuladas, pode-se partir para sua aplicação. A escola de Design estabelece uma separação clara entre pensar e atuar, um elemento central desta percepção é a premissa associada de que a estrutura deve seguir a estratégia. Para visualizar o sentido desta escola, o mesmo está presente no retrato de Thomas J. Watson sentado abaixo de uma estante com os...
tracking img