A escola critico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3053 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Escola Crítico-democrática: Uma Matéria Pendente no Limiar do Século XXI

Fim de Século, Início de Século: Celebrações E Preocupações

Levantar o olhar

“O inicio do século convoca à celebração de uma aposta no futuro e à reflexão sobre o tempo ido nos diversos âmbitos da vida da humanidade. Porém, fundamentalmente, leva a iludir-se com projetos distintos dos vigentes.” (p. 171)
“Estemomento de corte e de passagem no mundo da cultura e, portanto, da educação pode ser caracterizado como momento de crise. E remete-nos ao sentido que Gramsci atribuía-lhe: momento no qual o velho está agonizando, ou morto, e o novo ainda não acabou de nascer. Momento, portanto, de incerteza (a morte do velho também aniquila as já velhas certezas) e de fragmentação (o vigente está em pedaços e nãosabe como recompô-lo).” (p. 171)

O Marco

“Três preocupações orientam nossa reflexão sobre a educação e a escola para o século XXI:”

“Preocupação política. Relacionar permanentemente a questão da educação com a questão da construção, a apropriação, legitimação e distribuição do poder na sociedade, bem como a construção de estruturas de poder que estabelecem relações de dominação e desubalternidade.” (p. 172)
“Preocupação epistemológica. Elaborar um pensamento de ruptura e superação do dado, coerente com a busca ética de gerar pensamento crítico que situe o conhecimento como momento dialético da práxis.” (p. 172)
“A preocupação epistemológica também propõe a necessidade de empregar um dispositivo teórico totalizador, facilitador do enfoque crítico.” (p. 172)
“A totalidadesupõe a estruturação das contradições e diferenças que, no campo social e político, referem-se a relações de dominação, de modo que permita o reconhecimento e a compreensão dos fragmentos heterogêneos e diversos que constituem essas estruturas.” (p. 173)

Hegemonia como totalidade

“A partir desse enquadramento epistemológico (centrado nas noções de pensamento crítico e de totalidade), articuladocom nossas preocupações éticas e políticas, propomos elaborar uma noção de hegemonia como conceito totalizador que permita não só captar em sua complexidade estrutural o discurso educativo dominante (construído dentro da lógica e dos limites do modelo neoliberal-neoconservador) (Giroux, 1993, Capítulo 1), mas também projetá-lo crítica, contestatória e transformando raramente para o futuro de ummodo que suponha sua superação, levando em conta os debates que hoje presidem a passagem modernidade-pós-modernidade, a partir da explosão e da liquefação do homogêneo relato da modernidade que tanto influenciou o projeto de nossas instituições educativas (Lyotard, 1979)”. (p. 173)
“A intencionalidade social expressa a capacidade dos setores sociais dominantes, a fim de articular seu discurso(mediante processos de confrontação, de transformação e de aceitação) com certos componentes ideológicos existentes e fazer com que seus interesses apareçam como sendo universais e válidos para o conjunto da sociedade em uma conjuntura histórica determinada.” (p. 174)
“A hegemonia inclui confrontação: o campo da sociedade civil é o âmbito para a disputa hegemônica entre diversos atores sociais.”(p. 174)

A Escola Atual: Entre A Modernidade E A Pós-Modernidade Em Tom Latino-Americano

“O discurso da modernidade que prefigurou a instituição escolar e que inercialmente chegou até nossos dias experimenta hoje uma profunda crise e é objeto de variadas tentativas de transformação e reforma. Nesse discurso, a escola ficava situada no centro das ideias de justiça, igualdade e distribuição desaberes para a criação de um sujeito histórico racional, autônomo e livre.” (p. 174)

A modernidade e a pós-modernidade na América Latina

“Perry Anderson critica o conceito linear-universal de modernidade. Afirma que a modernidade não existe como tal: deve ser situada historicamente como forma de expressão do desenvolvimento contraditório, desigual e combinado do capitalismo, isto é, cada...
tracking img