A ERA FHC

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (979 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
FHC é como ficou conhecido o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que nos seus quase oito anos de governo foi o responsável pela maior regressão na área do trabalho, garantindo o título dopresidente que mais estragos fez nas relações de trabalho em toda história da República. Durante seu período de governo a taxa de desemprego bateu recorde, os salários foram corroídos, avolumou-se onúmero de trabalhadores na informalidade e houve um desmonte feroz da legislação trabalhista.
Quando da posse de seu primeiro mandato de presidente, fez um discurso de grande reverberação, e no qual disseque sua missão seria “acabar com a era Vargas”. Se a “era Vargas”, apesar das suas contradições, entrou para a história por colocar em prática um plano de nação, inclusive contribuindo para aregulação do trabalho, a “era FHC” será recordada como um período de destruição da economia e do trabalho. O mais dramático sintoma desse desastre foi o desumano crescimento do desemprego.
No final de 1994,o IBGE mostrava por meio da sua estatística que 4,5 milhões de trabalhadores ou 6,1% da força de trabalho no país era vítima do desemprego. FHC, no fim do primeiro mandato, em 1998, colocava 07milhões de brasileiros – 9,2% da População Economicamente Ativa – em condição de pobreza extrema. Mais ainda, em 2 000 o IBGE mostrava que seu governo pôs no desemprego um milhão de trabalhadores por cadaano de seu governo.
É interessante notar que esse desempregado não era mais os trabalhadores de baixa escolaridade e qualificação, mas os de maior escolaridade, adultos, chefes de família, eocupados em funções hierarquicamente superiores. Isso no seu primeiro mandato. No segundo, a situação é agravada porque são os jovens que padecem com a exclusão dos mecanismos de garantia renda e do veto aoacesso ao mercado de trabalho fazendo com os jovens vivam sem perspectiva de futuro. Quanto aos jovens de famílias pobres, restam-lhes a angustiante e desesperada busca por trabalhos precários...
tracking img