A eng. de telecom. na copa 2014 e nas olimpíadas 2016

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3708 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Perspectivas de investimento e demanda
Em maio de 2009, a FIFA anunciou que Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador irão sediar a copa de 2014. Lembrando que o Rio de Janeiro também foi eleito para receber os jogos olímpicos de 2016.
Para que tais eventos sejam realizados com sucesso, o Brasilprecisa montar ou até mesmo ampliar elementos essenciais, como segurança e infra-estrutura, que compete a reformas e construção de estádios/vilas olímpicas, obras rodoviárias, aeroportos, hospitais e sistemas de telecomunicações.
Segundo projeções da Associação Brasileira da Infra Estrutura das Indústrias de Base, só no setor de telecomunicações serão gastos em torno de 100 milhões de reais,e com certeza serão eventos marcados pela comunicação áudio visual, pois, já é esperado cerca de 3 bilhões de telespectadores que utilizarão dos mais variados meios de comunicação como internet móvel, TV digital dentre outros.
Só em sistemas de telecomunicações são esperados que milhares de pessoas trabalhem firme para que o sistema suporte os dois eventos. Mais inda o Brasil não podeperder a oportunidade de se valer desses dois eventos para alavancar a sua projeção no cenário mundial e para melhorar as condições de acessibilidade e mobilidade urbana.
Uma preocupação é com relação à demanda de profissionais na área de telecomunicações devido ao baixo índice de formação de profissionais engenheiros e técnicos, alem do êxodo de profissionais formados para outras áreas.Prazo para execução dos serviços
O Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações acaba de concluir, a pedido da GSM Association, um estudo detalhado sobre o planejamento das redes de telefonia móvel para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil, com aspectos relevantes que se aplicam também às Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro.
As imagens recentes e entristecedoras das chuvas no Rio deJaneiro, durante as quais mais de 200 pessoas morreram e o estádio do Maracanã foi devastado pelas águas, bem como a advertência do comitê organizador da Copa de 2014, da FIFA, de que o trabalho de reforma dos estádios brasileiros está atrasado, devem servir de alerta não só para o governo como também para a sociedade civil. O sucesso da Copa de 2014, das Olimpíadas de 2016 e de qualquer evento desseporte depende de iniciativa, investimento e supervisão do governo, associados a uma ampla mobilização da sociedade civil organizada, inclusive do setor privado. O gigantesco fluxo de pessoas previsto em tais eventos potencializa as necessidades de infraestrutura e vários serviços básicos, como transporte, distribuição de água, saneamento, eletricidade, serviços financeiros, bancários, de saúde etelecomunicações.
O estudo do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações aponta que, até 2014, serviços de dados que tiram proveito da tecnologia 3G podem deslanchar, como a TV móvel e, principalmente, as redes sociais móveis. Uma das razões para se acreditar que as redes sociais móveis serão um sucesso é que sua adoção pelos usuários de internet no Brasil foi muito maior do queem outros países. Esse comportamento deverá causar um grande impacto no tráfego das redes em 2014 e demandará mais faixa de freqüência, otimização da infra-estruturara de rede e planejamento de contingência para garantir a disponibilidade e a qualidade dos serviços.
Até uma central de segurança da internet contra ataques de hackers foi planejada para sediar as Olimpíadas bem como para os que serealizam na copa de 2014.

Evolução das telecomunicações em eventos esportivos
• Copa de 1950:
Não havia transmissão ao vivo pela TV e as únicas testemunhas visuais eram as pessoas que estavam no estádio.
• Copa de 1962:
Os Brasileiros assistiram aos jogos gravados. As fitas chegaram de avião e eram apresentadas dois ou três dias depois pela TV.
• Copa de 1966:
A Europa assistiu aos...
tracking img