A educação física escolar nas escolas públicas e os seus conteúdos: uma análise sobre a postura dos educadores acerca de seu campo de trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2408 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A Educação Física Escolar nas Escolas Públicas e os Seus Conteúdos: Uma Análise Sobre a Postura dos Educadores Acerca de Seu Campo de Trabalho
A Educação Física é uma disciplina que possibilita, talvez mais do que as outras(1), espaços onde se pode dar início a mudanças significativas na maneira de se implementar o processo de ensino/aprendizagem, tendo em vista as diversas situações em que osdados do cotidiano associados à cultura de movimentos podem ser utilizados como objetos para reflexão. Sim, a Educação Física possui esta aparente vantagem, mas o que é visto na realidade é que, se ela possui uma grande fonte de estudos didático-pedagógicos renovadores (2) deixa de dedicar-se, porém, a mudanças práticas na sua forma de atuação na sociedade.
Dentro desta perspectiva destacaremoscomo objeto deste estudo, os conteúdos de ensino, que segundo (LIBÂNEO apud coletivo de autores, 1985:39) "são realidades exteriores ao aluno que devem ser assimilados e não simplesmente reinventados, eles não são fechados e refratários às realidades sociais". Neste relato veremos que o principal conteúdo trabalhado nas escolas é o esporte_. (3)
É fato que através do esporte, muitas virtudes podemser trabalhadas e conseqüentemente diversos objetivos podem ser alcançados, pois "o movimento que a criança realiza num jogo tem repercussões sobre várias dimensões do seu comportamento"(Bracht apud Rangel-Betti, 1997: 39). Porém, existem muitas questões sociais que a Educação Física poderia tratar através do esporte e, no entanto, não as incorpora como objeto de seu discurso pedagógico.
Culturade movimentos, educação física e seus conteúdos.
É importante concebermos conteúdos enquanto interpretações recortadas de realidades indissociáveis da contemporaneidade dos indivíduos, com profunda ligação com seu significado histórico e social.
O presente estudo nos mostra que o conteúdo que melhor satisfaz a maioria das pretensões desta disciplina, no ciclo de iniciação à sistematização doconhecimento, é o esporte. Porém é importante salientar que existem muitas outras possibilidades referentes à cultura de movimentos, que devem, mas que nem sempre são incorporadas ao mundo de movimentos dos alunos.
Também é válido salientar que "a proposta pedagógica crítico-social dos conteúdos, preconizada por Libâneo (1986) aponta para as classes subalternas que estão desprovidas de todo acúmulocultural dominado por uma minoria" (Oliveira, 1989: 09). É possível confirmar isto, pelo fato da grande diferença de aproveitamento da cultura erudita em relação à cultura popular; acaba por ocorrer a cultura de colonização, de forma que interesses como obediência, respeito à hierarquia, humildade, submissão e capacidade de repetição, são alcançados facilmente. "O conhecimento lhes é dado como umcadáver de informação, um corpo morto de conhecimento sem uma conexão viva com a realidade deles" (Freitas, 1994: 58).
A partir do momento em que os conteúdos tiverem uma ligação orgânica com as realidades sociais, será possível proporcionar condições para a emancipação dos educandos e para a transformação do projeto de sociedade. Deve-se ter em mente que "a educação escolar não pode ser pensadacomo algo neutro em relação ao mundo, mas como algo que produz na sua própria dinâmica, caminhos diferenciados para a ação social concreta em função de interesses e necessidades dos próprios educandos" (Rodrigues apud Barcelos, 1989: 39).
Mas é claro que uma mudança efetiva não é tão simples, pois "não basta levar à sala de aula conteúdos criticamente selecionados e estrategicamente organizados,é necessário que professores e alunos se transformem, no cotidiano de suas práticas, em sujeitos do seu ensinar e do seu aprender do ato mesmo do ensino/aprendizagem" (Marques, 1989: 24).
Deve-se frisar que a escolha dos conteúdos expressa um caráter ideológico, situando o professor no "campo da esquerda" na construção da sociedade socialista. E tendo em vista as grandes desigualdades,...
tracking img