A dor em recem nascidos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8427 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A DOR NO RECÉM-NASCIDO PRÉ-TERMO NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL






















































A dor é um sintoma que faz parte do cotidiano dos recém-nascidos prematuros
internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal devido ao grande númerode
procedimentos dolorosos a que estes são submetidos durante sua internação. A
impossibilidade de verbalização do recém-nascido dificulta o tratamento ou conduta
terapêutica. Este estudo bibliográfico tem como objetivo conhecer a dor no recém-nascido
prematuro e as intervenções terapêuticas usadas para minimizar a dor. Este trabalho
demonstra que a avaliação da dor norecém-nascido é possível através da utilização de escalas
que levam em consideração variáveis fisiológicas e comportamentais. A implementação das
escalas para medida da dor tem como obstáculo a falta de conhecimento técnico-científico
para sua implementação, dificultando a intervenção no tratamento da dor ao recém-nascido
prematuro. Estas escalas podem ser aplicadas de forma fácil e semsofrimento para o recém-
nascido desde que a equipe seja treinada para executá-la. A dor pode ser tratada de forma
farmacológica ou não farmacológica. No tratamento farmacológico deve-se considerar a
farmacocinética da droga em relação à idade do recém-nascido para se evitar efeitos adversos.
No tratamento não farmacológico está incluído a prevenção da dor durante a permanência
destena unidade de terapia intensiva neonatal, sendo que cuidados simples como por
exemplo, a redução de ruídos, racionalização das manipulações e a estimulação do contato
pele a pele podem preservar o bem estar do recém-nascido prematuro. Pode-se ainda
acrescentar o tratamento farmacológico durante o tratamento não farmacológico,
principalmente nos casos de dor moderada ou de grandeintensidade. Foi realizado uma
revisão de literatura através de dados onde as informações foram coletadas em livros,
monografias, dissertações, periódicos e universos on-line, e sendo selecionados e utilizados
10 artigos científicos, obtidos em pesquisa de periódicos de circulação nacional e latino-
americanos. É fundamental que a equipe de enfermagem esteja treinada e capacitada paradetectar mudanças fisiológicas e comportamentais durante os procedimentos dolorosos para
que se possa minimizar, prevenir e tratar a dor nos recém-nascidos prematuros internados nas Unidades de Terapia Intensiva. Tornando-se assim a assistência mais humanizada.

Palavras-Chaves: Dor Neonatal. Tratamento da Dor. UTI Neonatal. Assistência de
Enfermagem.LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS


RN - Recém-Nascido
RNPT - Recém-Nascido Pré-Termo
UTI - Unidade de Terapia Intensiva
UTIN - Unidade de Terapia Intensiva Neonatal
NFCS - Neonatal Facial Coding System
NIPS - Neonatal Infant Pain Scale
OMS - Organização Mundial da Saúde
IASP - Internacional Association ofStudy of the Pain





















LISTA DE ILUSTRAÇÕES


Figura 1 – Choro.............................................................................................................. 22
Figura 2 - Expressão Facial ............................................................................................. 23
Figura 3 -Assistência Humanizada................................................................................. 46


























LISTA DE TABELAS


Tabela 1 - Escala de Codificação da Atividade Facial Neonatal – NFCS.................... 26
Tabela 2 - Escala Comportamental de dor para recém-nascido (Neonatal Infant Pain...
tracking img