A dominação weberiana na gestão da na polícia judiciária

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS
DIRETORIA DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS
CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA
DISCIPLINA PÚBLICO E O PRIVADO NA GESTÃO PÚBLICA

Dissente: EVALDO DE OLIVEIRA GOMES

A DOMINAÇÃO WEBERIANA NA GESTÃO DA NA POLÍCIA JUDICIÁRIA DO ESTADO DO TOCANTINS
INTRODUÇÃO
A obra de Max Weber defende o fim do patrimonialismo na administração pública, redundandonos ideais burocráticos, que adotam procedimentos como o concurso público, licitações, controle externo etc. No Brasil, tais preceitos doutrinários foram absorvidos pelo nosso ordenamento jurídico com a Constituição de 1988. Ressalte-se que o termo burocracia não está sendo empregado em seu sentido pejorativo, que lembra algo que não funciona. Tratamos de forma técnica idealizada por Weber, como deuma administração pública profissionalizada, eficiente e ética.
Apesar de abraçados pela Carta Magna, tais ideais ainda não são reflexo da maquina estatal pátria. Nepotismo, clientelismo, corrupção, licitações e concursos públicos fraudados, terceirizações ilícitas, tráfico de influências. Tudo isso é uma realidade na gestão pública municipal, estadual e brasileira. Não estamos no ápice dopatrimonialismo do período absolutista. Também há menos corrupção do que no último período ditatorial militar, em que havia corrupção e os denunciantes poderiam ser aniquilados. Mas sem dúvida se não tivéssemos passado pelo período neoliberal-gerencial que até hoje influencia nossa administração pública, poderíamos estar em grau ainda mais avançado de luta contra o patrimonialismo.
METODOLOGIA:
Apesquisa realizada foi do tipo descritivo, usando coleta de campo. Foi elaborada com base no método de abordagem indutivo, realizada através de pesquisa qualitativa. Como técnica de procedimento, foi adotada a pesquisa de campo, através da técnica da entrevista, sendo esta do tipo estruturada. Foi formulado um roteiro de entrevista para os entrevistados, num total de cinco, todos Delegados dePolícia, ocupando cargos chefia em suas respectivas unidades. Baseado no objetivo da pesquisa, a entrevista foi composta de dez questões, em que o entrevistado responde SIM ou NÃO. Foram realizadas nos respectivos gabinetes dos entrevistados.
A entrevista é uma excelente técnica de obtenção de informações, largamente utilizada com diversas finalidades no universo das organizações. Existem três tipos deentrevista: a estruturada, a não estruturada e a semiestruturada. Segundo Martins e Theóphilo (2007, p. 86), a forma estruturada “é orientada por um roteiro previamente definido e aplicado para todos os entrevistados”. Na de feição não estruturada, busca-se “obter informações, dados, opiniões e evidências por meio de uma conversação livre, com pouca atenção a prévio roteiro de perguntas”. Já a deperfil semiestruturado “é conduzida com uso de um roteiro, mas com liberdade de serem acrescentadas novas questões pelo entrevistador”. Como tido alhures, o tipo de entrevista aplicada na pesquisa é a estruturada, por ser aquela que melhor se encaixou no objetivo do estudo.
ROTEIRO DE ENTREVISTA
A gestão da Polícia Civil atua em estrita obediência a lei, procurando aplicar fielmente a legislação?No seu proceder, a gestão da PC utiliza, além da legislação, princípios morais de aceitação pública?
Na sua atuação, a administração da PC faz a acepção de pessoas, ou seja, admite tratamento diferenciado entre pessoas, excetuando-se os previstos em lei?
A instituição Polícia Civil do Tocantins age de forma transparente, dando publicidade aos fatos e dados?
Os gestores da PC fazem o queprecisa ser feito com o máximo de qualidade ao menor custo possível, buscando que a produção de resultado seja a consequência da melhor relação possível entre qualidade do serviço e a qualidade do gasto, não se tratando, todavia, de redução de custo a qualquer preço?
Na PC, há parentes ou indicados de políticos sem qualquer preparo sendo escolhidos para ocupar cargos de confiança importantes?...
tracking img