A dignidade da pessoa humana na vida moderna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5641 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA NA VIDA MODERNA

Maria do Carmo Whitaker
Resumo

O grande desafio que se propõe ao homem é à mulher do século XXI é que se conhecendo a si mesmo, saibam encontrar as dimensões da experiência humana, para atingirem a plenitude do dom da vidamediante a edificação do ser integral. Considera-se a dignidade humana, as potencialidades e faculdades da pessoa, sua consciência e a estreita relação entre consciência e lei moral, além de sua característica como ser de relação e sua transcendência. Aborda-se a questão das grandezas e fraquezas da pessoa e o cultivo das virtudes e valores.
Conclui-se que é possível resgatar uma visão de pessoaintegral, ajudando a criar um projeto pessoal de inserção no mundo de hoje, praticando a solidariedade para combater o individualismo, a desintegração da pessoa e sua indiferença em face da realidade.

Introdução. As dimensões do Ser. A Dignidade da pessoa. A consciência julgadora. A voz da consciência. A relação existente entre a consciência e a lei moral. O homem e a mulher são seres derelação. A transcendência como característica da pessoa. Grandezas e fraquezas da pessoa. Cultivo dos valores. Solidariedade e Inserção da pessoa no mundo de hoje. Conclusão.

Introdução

Há pouco tempo uma revista[1] de grande circulação no Brasil, publicou entrevista[2] que propala que, o ser humano é mentiroso por natureza e que a mentira traz vantagens indiscutíveis.

Na mesma épocaa mídia divulgou a plataforma virtual Second Life. Trata-se de um espaço digital tridimensional, no qual personagens, denominados “avatares,” refletem as fantasias de seus criadores e vivem nessa comunidade paralela, totalmente dissociada da vida real. “Todos já nascem com a certeza de sua imortalidade e não-envelhecimento. Em Second Life, o que importa é viver, experimentar, construir, comprar,socializar e brincar”, afirma Roberta Alvarenga[3], em reportagem sobre a inusitada criação tecnológica.

Mentira no mundo real e mentira no mundo virtual.

O culto à mentira é uma das razões pela qual o mundo atual leva ao individualismo, à desintegração da pessoa e sua indiferença diante da realidade. A substituição da verdade pela mentira traz consigo a perda de referências, deprincípios e valores, a começar pela perda da própria identidade. O relativismo é outra das razões, já que cada pessoa cria os seus próprios valores, decide segundo seu próprio critério o que é verdadeiro ou falso e acha que ser livre é fazer o que se tem vontade, desprezando as intenções que movem o sujeito.

As expressões clássicas que designam o ser e sua plenitude foram substituídaspor palavras esvaziadas de sentido e de conteúdo. O ter se sobrepõe ao ser. Predominam o consumismo, o hedonismo, a busca da comodidade, o querer levar vantagem, o lucro fácil, não importando os meios utilizados para atingi-lo, sem contar a degradação e devastação do meio ambiente.

Há que se construir o ser integral. Aquele que tem consciência de sua dignidade, que encontra um sentido parasua vida e que sabe usar sua capacidade para, quando for necessário, transformar o seu entorno, sem se deixar levar pela indiferença em face da realidade ou pelas circunstâncias do momento. “...Sou o tema de uma história que é minha e de ninguém mais, que tem seu próprio significado peculiar”, observa MacIntyre[4] (2001:365). Encontrar o significado peculiar à sua vida e cumprir a sua missão,aproveitando as realidades do dia-a-dia para crescer e se superar é caminhar para a plenitude do ser.

As dimensões do ser

As dimensões da pessoa são uma realidade que revelam a sua unidade. Assim, a esfera corporal está intimamente ligada à psíquica, intelectual, espiritual e social.

Infelizmente, o que se vê hoje é uma desintegração do ser, uma dissolução, que está muito...
tracking img