A descoberta do rio de janeiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3326 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Primeiros Contatos
Em março ou abril de 1501, partiu de Lisboa, uma expedição com destino ao Brasil, cujo capitão não se sabe ao certo quem foi, mas que trazia a bordo, em sua terceira viagem à América, o florentino Américo Vespúcio. Francisco Adolfo de Varnhagen, em seu livro História Geral do Brasil(1), descreve que esta expedição teria descoberto diversos pontos da costa, aos quaisbatizava-se com o nome do santo do dia. Nesta tese, acredita que a expedição, a 1º de Janeiro de 1502, aportou à Baía de Guanabara.
Esta interpretação carece de base histórica porque documentos posteriores, que descrevem a costa do Brasil, não fazem referência ao local. O Mapa de Cantino, de 1502, por exemplo, não faz qualquer referência ao Rio de Janeiro, no entanto, nesta carta existe referência ao cabode Santa Marta, localizado mais ao sul.
A expedição de 1503, comandada por Gaspar Coelho, oferece alguma dose de crédito em relação à descoberta do Rio de Janeiro, não ao seu batismo. Segundo Varnhagen(2), faziam parte da armada, Vespúcio e dois pilotos muito experientes em viagens ao Atlântico Sul: João Lopes de Carvalho e João de Lisboa. A frota estabeleceu-se na região de Cabo Frio, ondeVespúcio teria mandado edificar uma Feitoria e deixado ali 24 companheiros, se foi verídico o testemunho de Alonso de Santa Cruz, autor do "Islário general de todas las villas del mondo". Varnhagen aceita o citado que também está de acordo com o fato de sete anos mais tarde a Nau Bretoa ter aportado em um ponto da costa, próximo de Cabo Frio onde vivia um feitor. Vespúcio regressou a Portugal em junhode 1504, mas o capitão da frota permaneceu no Brasil, desbravando a costa sul.
Alguns historiadores defendem que a localização da Feitoria em Cabo Frio, indica apenas um ponto de referência, mas que na realidade a feitoria tenha sido instalada numa Ilha da Baía de Guanabara, chamada de Maracajá, depois Ilha do Gato e atualmente Ilha do Governador.
Tem-se notícia de que nesta época foi construídaa primeira casa da região, localizada onde hoje a Praia do Flamengo encontra a Rua Cruz Lima, e onde desembocava um rio que vinha do Cosme Velho e serpenteava pelas atuais Ruas do Catete e Senador Vergueiro. Esta casa ganhou o apelido indígena de cari-oca, casa de branco, que acabou por batizar o rio e o futuro povo do lugar.

Nau Bretoa
Em 1511, uma expedição levada a efeito pela Nau Bretoapoderia ter chegado à região da Guanabara. Segundo Joaquim Veríssimo Serrão(3), a frota tinha como capitão Cristovão Pires, sendo mestre e escrivão Duarte Fernandes e Fernão Vaz, moradores em Alfama e piloto, João Lopes de Carvalho. Partiram de Lisboa em 22 de fevereiro com destino à região de Cabo Frio. Chegaram à Baía de Todos os Santos na quinta-feira das trevas, 17 de abril e aí permanecerampor três semanas. No dia 15 de maio partiram em direção a Cabo Frio, onde chegaram a 26 de maio.
A nau manteve-se em Cabo Frio durante dois meses, carregando madeira. Tiveram contato com um feitor, para quem o capitão tinha instruções de entregar as mercadorias que levava na nau. Este feitor poderia ser João Braga, que é mencionado em documentos da época. A vizinhança que se achava da Baía deGuanabara, permite crer que já houvesse relações com o sítio do Rio de Janeiro e seus nativos.

A Viagem de Soliz
Em outubro de 1515, deixou o porto de São Lucar de Barrameda, uma frota sob o comando de João Dias de Soliz, português a serviço dos Reis Católicos, que a enviaram, na tentativa da descoberta do Rio da Prata. A frota aportou à Ilha de Tenerife, depois tomou a direção do Cabo de SãoRoque, passando ao largo de Cabo Frio e rumando para o sul chegou ao Rio de Janeiro.
"Doze anos mais tarde, teve-se notícia da viagem de Soliz, numa carta de Luiz Ramirez ao Imperador Carlos V, enviada do Rio da Prata a 10 de julho de 1528 (4). Este documento informa que tendo Ramirez deixado o porto de São Lucas em abril de 1526, chegara a 19 de setembro, a uma ilha atrás de uma montanha, no meio...
tracking img