A defesa de capitu

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1395 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
DEFESA DA CAPITU

Venho por meio deste, defender a personagem Capitu a qual é acusada por outro personagem do livro de literatura “Dom Casmurro”. Bentinho a acusa de traição, todos que leram o livro conhecem muito bem a historia, Capitu é apresentada como uma dissimulada, ele tenta convencer os leitores a transformar as suas duvidas em verdades.Ele a amava tanto, mas esse amor foi transformado em um cruel e doentio ciúme, este foi um fator grave para destruição daquele sentimento tão belo que havia entre os dois e acabou com felicidade de ambos separando os para sempre. Vou trazer um depoimento para que possam entender melhor a reação do nosso personagem:

Rosangela Primo - Fortaleza, CE
jornalismo-midiahttp://impulsoreflexivo.blogspot.com/

Vou tentar conceituar o que é ciúme. É a angústia que vigora entre a imaginação e a fantasia, podendo ser patológico e levar o indivíduo se tornar uma pessoa com esquizofrenia: que é um distúrbio mental que se caracteriza por uma desorganização ampla dos processos mentais, perdendo o sentido da realidade e não conseguindo separar o real do imaginário.

Voltando a defesa: Nãotenho duvida, Capitu amava Bentinho, era uma mulher segura, sabia o queria, lutava para alcançar seus objetivos que era o amor de Bentinho, quando era adolescente tinha idéias para livrar seu querido amigo do Seminário, mas ele as usa no futuro para acusá-la. Se Capitu realmente não o amasse e fosse interesseira bela como a historia relata teria se casado com outro rapaz não esperaria tanto tempo porBentinho. No começo do casamento eles eram felizes, depois que nasceu o filho do casal surgiu às desconfianças, dizia que o menino era cara do amigo. Um homem com ciúmes perde a visão real consegue enxergar somente o que mente doente produz, quem nos garante que o garoto parecia mesmo com Escobar? Mesmo que parecesse não significa que seria seu filho, num determinado trecho da historia o pai deSancha diz que Capitu é muito parecida com sua falecida esposa e elas não tinham nenhum parentesco.
Eu acredito que Ezequiel não parecia com Bentinho, mas com sua mãe e tinha a mesma personalidade de Capitu o pai queria que sua prole fosse copia dele, pois não sendo assim julga se incapaz de ter um filho. Como foi relatado no começo deste texto ele amava muito Capitu para ele era a pessoa maisimportante depois de sua mãe, mas depois que ele conheceu o amigo ex-seminarista este se tornou muito importante na sua vida tanto quanto Capitu, porque conforme vimos no decorrer da leitura eles estavam sempre um na casa do outro eram dois casais inseparáveis. Inclusive na véspera da morte de Escobar, Bentinho estava com ele na beira do mar. ao escrever o livro mesmo depois de muito tempo lembra comemoção quando segurou o braço forte do amigo, para justificar este sentimento antes desse fato conta que sentiu um desejo descabido por Sancha quando estava dentro da casa.
Percebem senhores jurados que em nenhum momento ele condena o amigo e sua melancolia começou logo após da morte de Escobar. Com certeza nos oculta algum fato para não o julgarmos, porque o objetivo do seulivro transformar Capitu em vilã, ele que a traía talvez por somente por pensamento e não suportando encará-la transferindo-se sua culpa a ela acusando-a, também não podemos esquecer-nos do seu poder persuasão ele se formou em Bacharel de direto depois de ter abandonado o Seminário
Analisando os fatos psicologicamente vê-se que Bentinho não suportou a ausência do companheiro acusando Capitu, foi ummeio de amargar sua dor sem ninguém por perto, mandado a esposa e seu filho para longe de si sem sentir nenhuma culpa e nem ser acusado, com relato prova que ele amava mais Escobar do que sua família. Para finalizar apresento mais um depoimento:

A fonte é mesma citada acima

A história relata suposições doentiamente tiradas de uma cabeça fantasiosa, sem fatos concretos, uma...
tracking img