A cutura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (278 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A cultura sempre assume duas conotações, profundamente interligadas. Cultura como conjunto de particularidades com características próprias que distinguem grupos. E, culturacomo um aperfeiçoamento, "um requinte", que hipoteticamente distingue certas sociedades. Quanto ao aspecto "requinte"que caracteriza algumas civilizações, deixaremos de lado, porenquanto, reservando-a para a arte, por hipótese. Interessa-nos sim, a cultura do seu ponto de vista mais genérico possível, como resultante de uma sociedade que encontra seusvalores, atingindo um razoável nível de equilíbrio no bem estar, desenvolvendo-se, aperfeiçoando-se e humanizando-se.

No caminho das Artes preocupa-se em mostrar como é possívelatingir este ideal, ainda que de uma forma compacta.
A arte encarada sobre os seus aspectos mais profundos tem a ver com o Belo, com o repouso na meta desejada, e assimpressupõe outras questões já resolvidas, pelo menos parcialmente, refletindo na pior das hipóteses essa intenção.

A arte pensa a arte como ela é: vasta, inesgotável, que questiona quepropõe que indaga e que responde; que mostra o homem como ele é, e que o desperto para o transcendental.

A Comunicação Social, tanto no início da formação da personalidade,quanto em uma fase bem mais avançada onde esta já se consolidou, poderá ser sustentáculo único para adoção de critérios de comportamento, sobretudo se lá atrás não houve um sólidoinício no desenvolvimento da futura consciência alicerçada em valores. Sabe-se muito bem, que os formadores de opinião pública possuem uma grande parcela de responsabilidadeneste aspecto. Mais que ninguém, ao expressarem opiniões pessoais deverão evidenciar a possibilidade de erro e que a verdade deles pode não ser a única ou sequer a verdadeira!
tracking img