A cultura da gare

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1534 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Módulo 8 – A Cultura da Gare

Courbet, A origem do mundo 1866; Os Britadores de pedra.

Trabalho realizado por:

Curso Profissional: Técnico de Multimédia 11ºano História e Cultura e das Artes
Módulo 8- A Cultura da Gare

Introdução
A elaboração deste trabalho deve-se ao facto de na disciplina de História e Cultura e das Artes, estarmos a abordar no módulo 8, diferentes temas entre osquais o Romantismo, o Realismo e o Impressionismo. Durante as aulas foram-nos fornecidas algumas fichas onde explicavam as diferentes correntes artísticas, bem como os seus artistas, foi ainda proposto desenvolvermos um trabalho onde organizássemos uma visita de estudo. Essa visita de estudo deveria englobar os seguintes temas: A Europa e as linhas férreas; As Revoluções Industriais e a Cultura daGare; Os novos materiais (ferro e vidro); O Romantismo (arquitectura, escultura e pintura); O Realismo (pintura e escultura); O Impressionismo (pintura); A arquitectura do ferro e a Arte Nova.

História e Cultura e das Artes Página 2 de 12

Curso Profissional: Técnico de Multimédia 11ºano História e Cultura e das Artes
Módulo 8- A Cultura da Gare

Desenvolvimento
A Europa e as linhasférreas;
As linhas férreas fizeram o seu aparecimento ainda no século XVIII, na actividade mineira e nas pedreiras. Mas no século XIX, em Inglaterra, que o engenheiro de minas George Stephernson criou a primeira linha comercial que ligava Stockton a Darlington, o que fez surgir o comboio a vapor.

A Revolução Industrial e a Cultura da Gare.
A Revolução Industrial implicou a mudança na economia debase agrícola e artesanal para uma economia de base industrial e mecanizada. Esta mudança iniciou-se em Inglaterra, em meados do século XVIII e expandiu-se a outros lugares ao longo do século XIX. A segunda revolução Industrial alia a ciência e a técnica, a utilização de novas fontes de energia, o desenvolvimento de novos
sectores de produção e a racionalização do trabalho. As Gares, eram oslocais fixos de paragem onde, a horas certas, as pessoas apanhavam o comboio ou esperavam quem neles viajava.

Os novos materiais (o ferro e o vidro);
Embora o ferro e o vidro já fossem usados há muito tempo, a Revolução Industrial inglesa (nos finais do século XVIII), fez com que estes fossem fabricados em massa e acima de tudo utilizado em pontes, fabricas entre outras coisas. Esta novaarquitectura de carácter utilitário tem uma forte relação com a Revolução Industrial e dá resposta às necessidades de

História e Cultura e das Artes Página 3 de 12

Curso Profissional: Técnico de Multimédia 11ºano História e Cultura e das Artes
Módulo 8- A Cultura da Gare

espaços amplos, de estruturas para vias de comunicação e do crescimento das cidades, como por exemplo as Gares. Um exemplodisso é a torre Eiffel.

O Romantismo (arquitectura, escultura e pintura);
O Romantismo voltou-se para o passado medieval, sua permanente fonte inspiradora. Na Arquitectura: O Palácio da Pena, em Sintra, é um grande exemplo de arquitectura Romântica. Na Escultura: A Dança de Jean-Baptiste Carpeaux, que está integrado na fachada da opera de Paris. Na Pintura: Francisco Goya “brinda-nos” com “A MajaNua” e “ A Maja Vestida”, expostas ambas no museu do Prado.

O Realismo (pintura e escultura);
O Realismo surgiu nas últimas décadas do século XIX na Europa, mais especificamente na França, em reacção ao Romantismo, este movimento caracterizava-se pela representação da realidade. Na Pintura: Gustave com “Enterro em Ornans”. Na Escultura: O Desterrado de An tónio Soares dos Reis.

OImpressionismo (pintura);
O Impressionismo surge na segunda metade do século XIX, contra os valores académicos da arte oficial. Destaca-se essencialmente por uma pintura onde a temática (nu, cenas da vida quotidiana) eram motivo de escândalo, colocavam tons claros sobre tons escuros, desprezando a paleta sombria da pintura tradicional. Na Pintura: Edouard Manet, Olympia, 1863. História e Cultura e das...
tracking img