A culpa do sistema

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1080 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A CULPA DO SISTEMA

COLÉGIO ANGLO




Leandro
Neuziane Ferreira Gomes
Raynison



A CULPA DO SISTEMA


Artigo científico apresentado à disciplina de Redação no Colégio Anglo para obtenção de nota.
Orientador: professor Wescley












Santa Inês-MA
2010

DEDICATÓRIADedico a minha família e a todos que colaboraram e a qualquer um que venha prezar este artigo.



SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 05
2 A VIOLÊNCIA DO RIO DE JANEIRO COMO FORMA DE CONTROLE 05
2.1 Atuação da polícia 06
3 A VIOLÊNCIA GERADA PELA CLASSE MÉDIA 06
4 CONCLUSÃO 08
REFERÊNCIAS 09

1 INTRODUÇÃO

O título foi escolhido devido às grandes atrocidades que estão acontecendo no Rio deJaneiro e também em outras cidades brasileiras onde o clima é de constante insegurança e quase não está sendo controlado.
O objetivo do mesmo é mostrar a necessidade de criar políticas públicas voltadas especialmente para o combate ao crime. Também almeja levar informações aos jovens para que os mesmos se conscientizem e tornem pessoas críticas e pensantes, para a busca de um país melhor.
Afinalidade é apresentar um trabalho coerente que trate um tema polêmico e de grande repercussão.
Portanto esperamos que este viesse contribuir de forma significativa para que a violência possa realmente ser extinta ou pelo menos minimizada em um país que é de todos onde a minoria é quem comanda.

2 A VIOLÊNCIA DO RIO DE JANEIRO COMO FORMA DE CONTROLE

Quanto à violência, há muitos aspectos paraserem levados em consideração, mais há um que esta sendo trabalhado violentamente há duas semanas que é o combate ao crime organizado em uma das maiores favelas, Vila Cruzeiro situada no Estado do Rio de Janeiro.
Essa favela que é considerada uma das mais violentas do Rio, teve no dia 21 de novembro de 2010 uma surpresa inesperada, policiais do BOPE (Batalhão de Operações Especiais), se uniram áMarinha e ao Exército para combaterem o crime organizado nessa favela.
Um policial chegou a afirmar: “Fazia quase oito anos que nenhum policial havia entrado no morro da Vila Cruzeiro.” Reportagem da Rede Record de televisão.
Essa reportagem leva-nos a crermos que o policiamento estava enfraquecido, e precisava ser avaliado, pois o crime estava tomando conta do Rio. Porém temos que combater aviolência não somente no Rio, como também em todo território nacional para que haja segurança e liberdade a todos.

2.1 Atuação da polícia

É complicado falar sobre a atuação dos policiais, pois por muito tempo eles ficaram submissos e inertes quando, tratava-se do combate ao crime. Mais atualmente eles começaram a atuar contra o crime principalmente no Rio de Janeiro onde o objetivo édiminuir o tráfico e a criminalidade, pois a Copa e as Olimpíadas serão projetadas no Brasil em 2014.
A deficiência das autoridades em relação à segurança prejudica toda a sociedade, que vivem em meio ao fogo cruzado.
Essa guerra que é retratada na tela dos cinemas com o filme Tropa de Elite, é o principal espetáculo, aquele que mais excita os espectadores pelo país e mostra a incapacidade da policiade dar um basta no tráfico e nas milícias.
Mas o filme não foi tão atuante quanto à decisão de unir as forças armada como o Exército a Marinha e o BOPE, que ao todo chegaram a participar cerca de um mil e quinhentos homens na busca de combater o crime.
Portanto é visível a confirmação da frase popular, “que a união faz a força.”

3 A VIOLÊNCIA GERADA PELA CLASSE MÉDIA

Falta de índole,medíocre e repulsiva essa é a atitude para definir jovens de classe média quando a violência é gerada pelos mesmos.
Homofobismo? A versão a pobre? Racismo? O que poderia definir a atitude abominável e sem caráter dos jovens de classe média que desafiam a sociedade com brutalidade e seus atos de vandalismos que a cada dia nos jornais, mostram que, embora jovens tenham condições econômicas parecem...
tracking img