A crise de 29 nos eua

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3924 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A CRISE DE 1929 NOS ESTADOS UNIDOS

Resumo

O trabalho a seguir trata sobre a Crise econômica de 1929 que teve início nos Estados Unidos e se espalhou pelo Mundo. Irão ser definidas as causas, tanto para os estragos no mercado americano, quanto nos dos outros países. As consequências dessa Crise também serão analisadas, tanto no período vigente da época, quanto as do futuro.Palavras-chave: crise, ações, produção.

Abstract

The following essay is about the economic Crisis that begun in 1929 in the United States and spread throughout the World. Will be defined causes, both for the damage to the United States market, as in other countries. The consequences of this crisis will also be analyzed, in both the current period of time (the 1920’s), as the future.

Key-words:crisis, stock market, production.

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO…..………………………………………………………………
1. A GRANDE DEPRESSÃO…………………………………………………..

2. CAUSAS……………………………………………………………………....
3.1 Crash da Bolsa………………………………………………………….
3.2 Crises de confiança, pânico bancário e contração monetária...........
3.3Padrão-ouro..........................................................................................
3.4 Empréstimos internacionais e comércio................................................

3. IMPACTOS ECONÔMICOS.................................................................

4. OS EFEITOS PÓS QUEBRA DE 1929......................................................

5. A CRISE NOBRASIL..................................................................................

6. O NEW DEAL..............................................................................................

7. CONCLUSÕES..........................................................................................

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS......................................................................

INTRODUÇÃO

1. A GRANDE DEPRESSÃO
O tempo e a severidadeda Grande Depressão variam de país para país, nos Estados Unidos e na Europa, por exemplo, se tem a maior e mais dura fase; no Japão e em grande parte da América Latina, foi mediana. Não há dúvidas que a maior das crises decorre de uma variedade enorme de fatores. Diminuição na taxa de consumo, pânico financeiro e políticas governamentais equivocadas fizeram com que a produção econômica nosEstados Unidos caísse vertiginosamente. O padrão-ouro, que ligava a maioria dos países numa rede de taxas de câmbio fixa, foi fundamental para a eclosão da crise nos outros países. A recuperação após a Grande Depressão foi impulsionada pelo aumento da utilização do padrão-ouro e da expansão monetária imediata. A Grande Depressão resultou em mudanças fundamentais nas instituições, políticas e teoriaseconômicas.
A causa fundamental da Crise nos Estados Unidos foi a queda no consumo, também chamada de demanda agregada, o que resultou na queda de produção, já que os fabricantes e comerciantes começaram a perceber o aumento de seus estoques. As origens da diminuição do consumo variam com o passar da crise, mas acarretaram numa grande retração da demanda agregada que foi sentida não somente nosEstados Unidos, mas no resto do mundo também, devido à utilização do padrão-ouro como política cambial. Contudo, uma variedade de outros fatores também influenciou na recessão de outros países.
2. CAUSAS
2.1 Crash da Bolsa
Muitos acreditam que o declínio da produção no segundo semestre de 1929 nos Estados Unidos ocorreu devido à rigorosa política monetária, que visava evitar aespeculação no mercado de ações. A década de 1920, apesar de ter sido próspera, não apresentou crescimento excepcional para os americanos, os preços dos bens no atacado permaneceram os mesmos durante toda a década e ainda houve pequenas recessões nos anos de 1924 e 1927. A área onde o excesso foi mais percebido foi o mercado de ações. Os preços das ações subiram mais de quatro vezes desde o início...
tracking img