A contribuição da psicopedagogia para a prendisagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3036 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A CONTRIBUÍÇÃO DA PSICOPEDAGOGIA PARA A PRENDISAGEM
INTRODUÇÃO.
“A psicopedagogia Terapêutica é um campo de conhecimento relativamente novo que surgiu na fronteira entre a psicopedagogia e a psicologia. Encontra-se em fase de organização de um corpo teórico especifico, visando á integração das ciências pedagógicas, psicológica, fonoaudiologica, neuropsicológica e psicolingüística para umacompreensão mais integradora do fenômeno da aprendizagem humana. A partir da indicações terapêuticas, o psicopedagogo desenvolve os resultados aos pais e á escola e planeja o atendimento psicopedagogico. O tratamento psicopedagogico propriamente dito está na dependência do posicionamento teórico que a equipe interdisciplinar tem no fenômeno da aprendizagem humana, seus distúrbios (Afasias,disgrafias, discalculias, dislexias ) e das causas que os motivaram. A psicopedagogia vem sendo exercida por profissionais das áreas de fonoaudiologia,pedagogia ou psicologia que complementam a sua formação em cursos de especialização onde o objeto central de estudo é aprendizagem humana: seus padrões evolutivos normais e patológicos. O currículo desses cursos está voltado para o estudo dos fundamentosneurológicos, psicológicos e cognitivos da aprendizagem, bem como a influência do meio (família, escola, sociedade) para o seu desenvolvimento.” A contribuição da psicopedagogia é muita sugestiva e expansiva, mas, estaremos falando apenas de três áreas. As quais são elas: Família, escola e sociedade:
I-A CONTRUBUIÇÃO DA PSICOPEDAGOGIA NO CONTEXTO DA FAMÍLIA:
Para compreendermos o processoensino aprendizagem psicopedagogico na família precisamos em primeiro lugar falarmos sobre ela, ela quem, é claro , a família .
1-A Familia.
A família, como celular mater da sociedade, deve ser priorizada respeitada, resguardada da poluição moral, conservando o bom senso, alimentada com bons hábitos e costumes, firmada nos parâmetros divino a luz da palavra e de todos os processos educativos parapoder suportar a avalanche de corrupção e degradação moral que de uma maneira impiedosa está vindo de ímpeto aos bons princípios familiares. As famílias sofrem os embates das ondas impetuosas, trazidas pelo vento do desrespeito e da desconsideração, fazendo assim naufragar a pobre e sofrida família, que sonhara com o porto da moral e com o futuro sociocultural de sua prole. Já dizia o poeta: “Ouço umgrito! Alguém está afogando-se no mar da incerteza, há um desespero na praia da vida. Oh! É a família que está morrendo, está afogando-se com a imoralidade, vejam que situação! Quem poderá ajudá-la? A célula mãe precisa de sua ajuda , não a deixe morrer, faça alguma coisa pela família.”
Uma das finalidades básicas da educação é favorecer o desenvolvimento da personalidade do educando. A famíliapara alcançar este objetivo precisa conhecer-se objetivamente, sendo capaz de ajudar todos da sua casa a melhor conhecerem-se e aceitarem-se, dentro de suas possibilidades e limitações. O relacionamento da família com os filhos pode influenciar positivamente ou negativamente na aprendizagem e desenvolvimento do mesmo. Se os pais desejam ter um bom relacionamento com os filhos no sentido ensinoaprendizagem psicopedagogico devem desenvolver-se as seguintes habilidades:
a)Empatia.
Empatia é a “tendência para se identificar com os sentimentos do outro,” é também capacidade de perceber e aceitar os sentimentos do outro (sem condená-lo), colocando-se no lugar deste. Adams (1994) fazendo uma comparação entre apoio e empatia, tece o seguinte comentário: “Uma coisa é portar-se ao lado de alguém(apoio) enquanto esse alguém sofre e se debate assegurando-lhe que estamos interessados; mas é algo inteiramente diferente enrolar as mangas da camisa e pôr-se a lutar ao seu lado”
b) Saber ouvir.
Ouvir é uma arte que não se consegue sem um adestramento especial e é absolutamente necessária em toda comunicação interpessoal. Os pais precisam ser bons ouvintes. Ouvir primeiro antes de tirar as...
tracking img