A contribuição da escola para construção de valores

Sumário

Introdução 3
Justificativa 4
Objetivos 5
Problema 6
Hipóteses 7
Metodologia 8
Cronograma 9
Referências bibliográficas 10
Anexos


Introdução

Há muito que as escolas incluemnos objetivos dos seus PPPs a formação do educando. Por ser complexo, este objetivo exige mudanças profundas nas intenções e consequentes ações de todo o sistema escolar. Justamente a determinação doponto em que está essa transformação é o que queremos através da resposta para a pergunta “Como a escola pode contribuir para a construção de valores positivos?”. Na infância, por ser a faseheterônoma do indidivíduo, é o período mais favorável para inculcar valores positivos que estarão presentes no indivíduo adulto e contribuirão para a sua autonomia.
Consideramos, segundo o pensamento dePiaget (1994), anomia como o estágio que vai desde quando a criança nasce (fase onde predomina o egocentrismo) e se caracteriza pelo não conhecimento das regra; a fase heteronoma, quando o indivíduoconhece as regras por terem sido impostas ( pela família, igreja, escola, etc.) via fontes variadas e, a fase da autonomia, quando a pessoa entende que as regras não são impostas, ou seja, o indivíduosabe por si só o que pode e não pode fazer, por entender e respeitar tais regras.
Acreditamos que através desta pesquisa poderemos incentivar as escolas a repensar seu papel neste campo e estabelecerassim valores positivos como objetivos da educação escolar. Valores que, segundo Piaget (1954) referem-se a trocas afetivas que o sujeito realiza com o exterior. Estas trocas surgem através da projeçãodos sentimentos sobre o objeto.
Por meio dessas discussões, estaremos rompendo com o modelo de escola que conhecemos, repensando e reorganizando os espaços, os tempos e as relações interpessoaispara a construção da auto-imagem e do auto-conhecimento na perspectiva da contribuição na construção de valores.
Para tanto, a atuação da escola na construção de valores em cada criança é uma...
tracking img