A contação de histórias na educação infantil como processo de desenvolvimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1708 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL COMO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO

Lucilena Cardoso Schneider

ProfªSuênia Izabel Lino Molim
Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI
Curso de Licenciatura em Pedagogia- Educação Infantil/Séries iniciais (PED 9601) – Prática Educativa
09/05/2011

RESUMO 
O presente trabalho faz uma sondagem acerca da importância da contação dehistórias dentro da Educação Infantil. Tendo em vista que a criança desenvolve o gosto pela leitura até os sete anos de idade. Sabemos que contar histórias infantis nas creches e escolas de ensino fundamental é uma prática que tem sido pouco estimuladas e valorizadas, e com isso muitas das nossas crianças acabam crescendo com essa desvalorização dos contos. Portanto se faz necessário que os novosprofessores passem a revalorizar a contação de histórias, mostrando que isso é muito importante no desenvolvimento da criança. Com essa atividade, ela usa a sua imaginação, ou seja, cria seu próprio mundo, o “das fantasias” e através dela o professor pode alcançar muitos objetivos, pois ler histórias para criança é uma atividade prazerosa, com a qual poderá fazê-la expressar suas próprias percepções demundo. Levar o faz de conta até as crianças é sustentar o imaginário, é ter a curiosidade respondida em relação a muitas perguntas, é encontrar idéias para solucionar questões, é uma possibilidade de descobrir o mundo intenso de conflitos, dos impasses, das soluções que todos vivemos e atravessamos através dos problemas que de acordo com as possibilidades vão sendo enfrentados e resolvidos pelospersonagens de cada história.

Palavras - chave: Contação de história. Educação Infantil. Criança.

1 INTRODUÇÃO

Levar o faz de conta até as crianças é sustentar o imaginário, é ter a curiosidade respondida em relação a muitas perguntas, é encontrar idéias para solucionar questões, é uma possibilidade de descobrir o mundo intenso de conflitos, dos impasses, das soluções que todosvivemos e atravessamos através dos problemas que de acordo com as possibilidades vão sendo enfrentados e resolvidos pelos personagens de cada história. É ouvindo histórias que se podem sentir importantes emoções, como a tristeza, a raiva, a irritação, o bem estar, o medo, a alegria, a insegurança, vivendo profundamente tudo o que as narrativas provocam em quem as ouve, com toda a amplitude,significância e verdade que cada uma delas pode despertar nos pequenos ouvintes, além de ser um recurso valioso e agradável para a predisposição à aprendizagem e para sua complementação.

A criança deve ser estimulada desde pequena pelo gosto da leitura, pois como já vimos é até os sete anos de idade que ela forma o gosto pela mesma. Não importa que a criança não saiba ainda fazer a leitura de umlivro, pois o professor deve ler e assim, dar esta referência de leitura para ela. A literatura infantil pode ser usada como recurso lúdico desenvolvendo na criança um comportamento prazeroso; já que com as histórias elas aprendem brincando a respeitar regras, se divertirem seja através da imitação, socialização, interação ou dificuldade a ser superada. O objetivo deste trabalho é ampliar o espaço dacontação de história nas escolas, considerando que é de extrema importância trabalhar de maneira lúdica, criativa e espontânea, despertando o interesse da criança para história a ser contada.

Trabalhar de forma lúdica e diversificada ajuda muito no aprendizado da criança, que precisa de imaginação para constituir-se com liberdade. Quanto a isto Machado (2002) afirma que “não explorar aliteratura desde cedo com as crianças é uma tolice, pois permite que a criança adquira o gosto pela leitura podendo viajar de diversas maneiras para infinitos lugares, dando margem a imaginação das crianças”. A mesma vê a leitura também como uma brincadeira infantil, afinal segundo ela quando as crianças passam pelas viagens fictícias elas brincam de “faz-de-conta”.

2 A CONTAÇÃO DE HISTÓRIA...
tracking img