A construção de uma equipe segundo machado (2006), o grupo é um dos fenômenos mais pesquisados em psicologia do esporte visto a importância que adquire o seu funcionamento no resultado da performance. para a psicologia,

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5570 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A construção de uma equipe

Segundo Machado (2006), o grupo é um dos fenômenos mais pesquisados em Psicologia do Esporte visto a importância que adquire o seu funcionamento no resultado da performance. Para a Psicologia, um grupo não é o mero somatório de indivíduos, mas ele se constitui como uma nova entidade, com um funcionamento específico, comportando-se como uma totalidade (Busnelllo,1986; Pichón, 2005; Zimerman,1997).

Pichón (2005) diferencia o aspecto grupal do individual representando o primeiro com um vetor horizontal e o segundo com vetores verticais. Dessa forma, o individual não desaparece no grupo, porém, uma identidade grupal é considerada diferente do que unicamente a soma das características individuais. Assim, quando um número de pessoas se reúne com certaregularidade e em torno de um objetivo, passam a se constituir em um grupo.

A partir dessa conceituação fica inerente a premissa de que em um grupo sempre existirá entre seus membros alguma forma de interação afetiva que poderá ser colorida de diferentes modos em diferentes momentos (Busnelllo, 1986; Zimerman,1997).

Os grupos esportivos trazem particularidades que devem ser conhecidas peloprofissional que com eles atua. Weinberg e Gould (2001, p. 171) definem equipe como “qualquer grupo de pessoas que devem interagir entre si para realizar objetivos comuns”. Nesta perspectiva, em geral, há dois tipos de equipes esportivas. Uma, denominada de interativa, caracterizada por modalidades como basquete, vôlei e futebol, em que o sucesso do time depende do esforço combinado de todos os membros.Outra, chamada co-participativa, é ilustrada por modalidades como ginástica artística e natação. Esta depende dos esforços individuais, visto que o êxito da equipe será a partir da soma dos resultados de cada atleta. Nos grupos interativos, então, fica mais evidente a relevância que a coesão assume na busca por um resultado satisfatório, já que as performances dos membros da equipe sãointer-dependentes.

A evolução do grupo para uma equipe esportiva pressupõe algumas etapas: a) Formação: é o momento de estruturação do grupo e de familiarização entre seus membros. Através de questões como “Quem somos? Quais são os objetivos deste grupo? Me interessa pertencer a este grupo?” estabelecem-se as semelhanças entre os participantes; b) Agitação: nesta etapa há a expressão das diferenças, sendo aexistência de conflitos considerada como uma fase normal da evolução grupal. Comumente percebe-se certa resistência ao líder que está se constituindo; c) Normalização: é estabelecida a identidade grupal e são instituídas as normas e regras (nem sempre explícitas), ao passo que se observam atitudes de solidariedade e cooperação entre os membros; d) Atuação: momento de realização da tarefa quepressupõe a existência da equipe (Weinberg & Gould, 2001; Rubio, 2003).

Nesse sentido é importante que um grupo de esportistas, especialmente aqueles que desempenham modalidades coletivas, demande interação, cooperação e tolerância em um constante processo de adaptação e estabilização. Isso pode ocorrer de duas maneiras: através de regulamentações e prescrições oficiais ou de maneira espontânea, coma interferência de simpatias ou antipatias pessoais (Rubio, 2003).

A autora aponta que um grupo, ao assumir características de uma equipe esportiva, já passou pelas primeiras etapas de evolução referidas anteriormente; encontra-se unido e com muita proximidade gerada pelo contato físico ao longo de um extenso período de convivência advindo dos treinos e períodos de concentrações. Além disso, adiferenciação que se forma a partir desta integração também contribui para o fortalecimento da identidade grupal e de sua coesão. Nesse caso, o grupo utiliza muitas vezes camisetas, rituais, campo de jogo próprio e objetivos claros para obter características próprias.

Rubio (2003) destaca ainda que a coesão de uma equipe se dá quando existe uma determinação entre os membros em construir e...
tracking img