A conquista do pão - resenha crítica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2020 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
CURSO DE GEOGRAFIA – 1º ANO

A CONQUISTA DO PÃO

ALUNOS: Denisvaldo, Luiz, Núbia, Robson, Mauro, Ailton

Barra do Garças – MT, 26 de Outubro de 2012

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
CURSO DE GEOGRAFIA – 1º ANO

A CONQUISTA DO PÃO

ALUNOS: Denisvaldo, Luíz, Núbia, Robson, Mauro, Ailton

Trabalho apresentado a UFMT (Instituto deCiências Humanas e Sociais) Curso de Geografia, como requisito parcial de avaliação de História do Pensamento Geográfico ministrado pelo professor Magno Silvestre

Barra do Garças – MT, 26 de Outubro de 2012

O TRABALHO AGRADÁVEL
As conquistas para o melhor desenvolvimento do trabalho humano, a maior produção e a preocupação com a insalubridade e bem estar da mão de obra dos trabalhadores emgeral, tem se tornando ao longo do tempo não uma exceção, mas uma regra, a velha filosofia da produção a qualquer custo em fábricas com excesso de calor, umidade, detritos e barulhos ensurdecedores teve seus dias contados, com raras exceções; O sonho de Furrier já não é uma utopia, e ambientes antes inóspitos para o trabalho como minas, fábricas, hoje são salutares e soberbas tão quanto laboratórioslimpos, equipados, iluminados e arejados, tudo nos leva a crer que chegamos a uma sociedade igualitária onde a mão de obra é respeitada e tem-se uma concepção que o trabalho insalubre é nocivo a toda comunidade. Todo este aparato e a produção de um ambiente ideal para o trabalho só tem uma finalidade “ a maior produtividade” pois o trabalhador em um ambiente limpo, iluminado e com o materialnecessário executa melhor sua tarefa e com isso produz muito mais. É de se esperar que em uma sociedade moderna já não exista a mão de obra escrava e o trabalhador, seja em qual função for, tenha uma condição digna para realizar seu labor, no entanto é notório que tal regra não se aplica ao trabalho doméstico das mulheres, que mundo afora, realizam suas fatigantes atividades domésticas como umarepetição interminável e diária, de lavar, passar, cozinhar, polir e cuidar dos filhos e do marido, é incrível como essa “sociedade de iguais” não tenha chegado a este mundo em particular; Notamos portanto neste ponto, a exposição da verdadeira face desta filosofia do trabalho “agradável” que se resume em necessidade de aumento da produção, pois a verdadeira liberdade da escravidão doméstica para amulher não se aplica em possuir máquinas de lavar passar, limpar e cozinhar para a melhor execução do seu trabalho diário, que acaba por ser mais uma dupla ou tripa jornada de atividades do seu dia, no Brasil por exemplo , a mulher já é maioria como “chefe de famílias” trabalha fora e ainda cuida dos afazeres domésticos, para uma sociedade igualitária nas condições de trabalho, é necessário que arevolução do trabalho “prazeroso” atinja todas as áreas inclusive a doméstica, dando direto a mulher de ser um ser social capaz de ter o seu tempo na busca da cultura, do crescimento pessoal e na efetiva participação social, enfim emancipar a mulher, de forma que ela seja retirada do trabalho doméstico embrutecedor e organizar-se de maneira que ela possa criar e educar seus filhos como melhor lheparecer onde haja espaço para que ela tome parte da vida social.
A LIBERDADE DO ENTENDIMENTO
Estamos habituados a uma educação hereditária onde cremos que o governo é necessário para manter uma ordem governante. E não enxergamos que todos os dias cruzamos com grupos de pessoas que sem intervenção de lei alguma, realizam ações infinitamente maiores que aquelas feitas sob tutela governamental; Hojeem dia não são divulgadas as instituições que se desenvolvem sem nenhuma pretensão ministerial; Caminhos de ferro que são vias férreas foram, foram construídos por seções e então foram interligados entre si, e a companhia detentora de cada seção, procurou entender-se para combinar seus trens a chegada e a partida; O entendimento entre essas companhias estabeleceu-se diretamente sem intervenção...
tracking img