A conquista da america - todorov

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (584 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Antropologia IRelatório de Leitura I do texto:
 TODOROV, Tzvetan. A conquista da América: a questão do outro. São Paulo: Martins Fontes, 1982, 3-48.
O livro tem por um de seus objetivos analisar o conceito dealteridade, tendo como campo o descobrimento da América feito por Cristovão Colombo a partir de 1492. Baseado nas próprias cartas, e no diário de Colombo vemos a relação e contato que este tem com oNovo Mundo que descobrira, desde o contato com a natureza, até o com os índios por lá encontrados. Umasérie de fatores relacionados as ideologias e aos desejos de Colombo influenciaram e serviram de obstáculos no seu contato com os nativos americanos. O primeiro obstáculoque impede a comunicação entre eles foi a linguagem, que por ser diferente seria o mais óbvio de se esperar. O agravante vem do fato de Colombo não reconhecer a variedade lingüística, já que para ele alíngua é natural. Então diante do dialogo com os índios Colombo chega a dizer que o que era dito por eles não era uma língua, isso por reconhecer diferença entre o que ambos diziam. Depois quandoaceita que o que falavam os índios podia ser uma língua de fato, tenta a todo o momento encontrar palavras familiares em sua própria língua, pois não concebe que os sentidos existentes nas palavras doque era falado por ele não necessariamente deveriam existir em palavras relativas a estas no que era falado pelos índios. Colombo também tem idéiaspré-estabelecidas, ditas como verdades por si mesmo. Então ele não procurava a verdade propriamente dita, e sim confirmações para uma verdade “conhecida” de antemão. Essa estratégia usada por Colombo faz...
tracking img