A  complexidade e a empresa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2210 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A  complexidade e a empresa

Imaginemos uma tapeçaria contemporânea. Ela comporta fios de linho, seda, algodão, lã de cores variadas. Para conhecê-la, seria interessante conhecer as leis e princípios relativos a cada uma dessas espécies de fio. Contudo, a soma dos conhecimentos sobre cada tipo de fio que compõe a tapeçaria  é insuficiente para conhecer essa nova realidade que é o tecido – ouseja, as qualidades e propriedades dessa tessitura. É também incapaz de nos auxiliar no conhecimento de sua forma e configuração.

A primeira etapa da complexidade indica que conhecimentos simples não ajudam a conhecer as propriedades do conjunto. Trata-se de uma constatação banal, que no entanto tem consequências não banais: a tapeçaria é mais do que a soma dos fios que a constituem. O todo émais do que a soma de suas partes.

A segunda  etapa da complexidade revela que o fato de existir uma tapeçaria faz com que as qualidades desse ou daquele fio não possam, todas elas, expressar-se em sua plenitude, pois estão inibidas ou virtualizadas. Assim, o todo é menor do que a soma de suas partes.

A terceira etapa da complexidade é a mais difícil de entender por nossa estrutura mental. Eladiz que o todo é ao mesmo tempo maior e menor do que a soma de suas partes.

Na tapeçaria, como nas organizações, os fios não estão dispostos ao acaso. Estão organizados em função da talagarça, isto é, de uma unidade sintética na qual cada parte contribui para o conjunto. A tapeçaria é um fenômeno que pode ser percebido e conhecido, mas não pode ser explicado por nenhuma lei simples.


Trêscausalidades


Uma organização como a empresa está situada em um mercado. Produz objetos ou serviços — coisas que saem dela e entram no universo do consumo. Mas limitar-se a uma visão heteroprodutiva da empresa seria insuficiente, pois, ao produzir coisas e serviços, ela ao mesmo tempo se autoproduz.

Isso significa que produz todos os elementos necessários à sua sobrevivência e organização.Ao organizar a produção de objetos e serviços a empresa se auto-organiza, se auto-mantém, se auto-repara se necessário, e, se as coisas não vão bem, autodesenvolve-se enquanto desenvolve sua produção.

Desse modo, ao produzir produtos independentes do produtor, a empresa desenvolve um processo no qual o produtor produz a si mesmo. De um lado, sua autoprodução é necessária à produção de objetos;de outra parte, a produção de objetos é necessária à sua própria produção.

A complexidade surge nesse enunciado: aquele que produz coisas produz ao mesmo tempo a si próprio; o produtor é o seu próprio produto.

Tal enunciado suscita um problema de causalidade.

Primeiro ângulo: causalidade linear. Se com tal matéria prima, aplicando tal processo de transformação é produzido tal objeto deconsumo, a causalidade é linear: tal causa gera tais efeitos.

Segundo ângulo: causalidade circular ou retroativa. Uma empresa precisa ser regulada. Deve produzir em função das necessidades externas, de sua força de trabalho e capacidades internas de energia. Há mais ou menos 40 anos que se sabe, graças à cibernética, que o efeito – boas ou más vendas – pode retroagir para estimular ou desestimulara produção de objetos e serviços por uma empresa.

Terceiro ângulo: causalidade recursiva. No processo recursivo, os efeitos e os produtos são necessários ao processo que os produz. O produto é o insumo daquilo que o produz.

Essas três causalidades são encontradas em todos os níveis das organizações complexas. A sociedade, por exemplo, é produzida pela interações dos indivíduos que aconstituem. Na condição de um todo organizado e  organizador, a própria sociedade retroage para produzir os indivíduos por meio da educação, linguagem e escola. Assim, em suas interações, os indivíduos produzem a sociedade, e esta produz os indivíduos que a produzem. Tudo isso acontece em um circuito em espiral, por meio da evolução histórica.

Para compreender a sociedade dessa maneira, é necessária...
tracking img