A china na economia internacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4080 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Na China a questão do desenvolvimento tem se tornado o centro das atenções desde o fim do pesadelo da “Revolução cultural”.
A China é um gigantesco país em desenvolvimento com uma longa história de feudalismo, tem a maior população do mundo constituída de 80% de camponeses.

O extraordinário crescimento sustentado da economia chinesa por mais de duas décadas é, sem lugar a dúvidas, uma dasmaiores transformações da economia e da política internacional. Seu desenvolvimento econômico, utilizando como “vantagem comparativa” enormes reservas de mão de obra barata, a converteu num centro, por excelência, da produção manufatureira a nível mundial, sendo considerada como a “oficina do mundo” como se denominava a Inglaterra depois da Revolução Industrial. No ano passado, esses êxitos e oespetacular aumento de suas importações, que cresceram em 40% ao longo do ano, converteram-na em um dos dois motores da recuperação da economia mundial marcando decididamente a emergência da China como um ator a levar em conta no cenário internacional.

Desde que iniciou suas reformas em 1978 o progresso da economia chinesa tem sido extraordinário. Nos últimos 25 anos seu produto interno bruto seexpandiu a 9% por ano, o crescimento de seu comércio exterior cresceu 15% ao ano desde 1978 e o superávit comercial com os Estados Unidos é agora duas vezes o do Japão. Tudo isso é uma mostra da maior integração da economia chinesa à economia mundial, sendo hoje a sexta economia do mundo com um PNB de 1, 4 trilhões de dólares. Uma mostra disso foi que em 2002, Shenzhen superou a Roterdã e LosAngeles, convertendo-se no sexto porto do mundo.

O excepcional desenvolvimento industrial tem levado muitos analistas a denominá-la como “nova oficina do mundo”. Assim, o Financial Times sustenta:

Hoje, as cidades florescentes do delta do rio Pearl na China converteram-se na nova oficina do mundo. Shunde se auto-intitula a capital do forno de microondas, com 40% da produção global que se realizaem apenas uma de suas fábricas gigantes. Shennzhen, a zona econômica especial, diz fabricar 70% das fotocopiadoras do mundo e 80% das árvores de natal artificiais, Dongguan tem 80 mil pessoas trabalhando numa só fábrica fazendo sapatos para os adolescentes do mundo. Zhongshan é o lar da indústria de eletricidade mundial. Zhuhai, até há pouco uma cidade costeira rodeada de campos de arrozais, estáganhando terra ao oceano para fazer mais espaço para fábricas que já dominam a cadeia global de qualquer coisa desde consoles de videogames a clubes de golfe. O país é uma máquina de produzir como nunca se viu outra igual. Uma máquina que mistura características do comunismo e do capitalismo. Mistura, portanto, baixos salários, partido único, ausência de direitos civis e de reivindicação, com abusca pela produtividade, meritocracia, capital abundante, atração de estrangeiros e investimento em capital humano. É uma máquina bafejada pelas circunstâncias de ter a seu dispor o maior mercado interno do mundo e o maior mercado externo do mundo.

O delta do rio Pearl - uma área do tamanho da Bélgica que contorna o interior de exportações e Hong Kong através de uma série apertada de ilhas -produz 10 bilhões de dólares de exportações e atrai um bilhão de investimento estrangeiro ao mês. 30 milhões de pessoas já trabalham aqui na manufatura, todos os dias milhares mais descem dos trens vindos de terras mais ao norte.

As brechas entre a China e as economias desenvolvidas com relação à pro-dutividade do trabalho e à riqueza estão se expressando através de uma rápida relocalização daseconomias maduras em direção à China, e o conseqüente crescimento rápido das exportações.

Dados da Economia Chinesa

- Crescimento no período de 1994- 2003
- Exportações 378% (15% a.a em média)
- Importações 297% (13,4% a.a em média)
- Maior importador mundial de soja e derivados
- Segundo maior importador mundial de ferro e aço (primeiro em aços laminados planos e aços especiais)

O...
tracking img