A chave de hiram - cristopher knigth ze rodrix.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 576 (143956 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A CHAVE DE HIRAM
FARAÓS, FRANCO-MAÇONS E A DESCOBERTA DOS MANUSCRITOS SECRETOS DE JESUS

CHRISTOPHER KNIGHT & ROBERT LOMAS

TRADUÇÃO E NOTAS Z.RODRIX

EDITORA LANDMARK São Paulo, Brasil

Agradecimentos
Os autores gostariam de expressar seus agradecimentos às seguintes pessoas, por sua ajuda e assistência durante a escrita deste livro: Em primeiro lugar, às nossas famílias, quetoleraram as longas horas de ausência enquanto estávamos pesquisando e escrevendo. Ao reverendo Hugh Lawrence, um Past-Master da Ordem (que prefere permanecer anônimo), Tony Thorne, Niven Sinclair, Judy Fisken, Barbara Pickard, Ven. Ir. Alan Atkins, Ven. Ir. Adrian Unsworth, Steve Edwards, barão St Clair Bonde of Charleston, Fife. Ao nosso agente Bill Hamilton da A. M. Heath & Co. Ltd, aos nossos editoresMark Booth e Liz Rowlinson, da Century, e a Roderik Brown.

"A Chave de Hiram poderia lançar as centelhas do início de uma reformulação do pensamento cristão e de uma reconsideração dos 'fatos' que nós tão cegamente temos aceitado e perpetuado através de gerações. Este livro é uma peça obrigatória para os livres pensadores!".

David Sinclair Bouschor Past Grão-Mestre da Maçonaria, Grande Lojade Minnesota, EUA.

Christopher Knight nasceu em 1950 e em 1971 concluiu seus estudos formando-se em publicidade e desenho gráfico. Sempre demonstrou um forte interesse no comportamento social e no sistema de crenças tendo por muitos anos atuado como analista de consumo envolvido no planejamento de novos produtos e estratégias de vendas. Em 1976 tornou-se Maçom e atualmente é presidente de umaagência de publicidade e marketing. Dr Robert Thomas nasceu em 1947 e graduou-se com honra em engenharia elétrica, iniciando-se após isso em pesquisas no campo da física dos estados sólidos. Mais tarde trabalhou no sistema de direcionamento para os mísseis Cruise e esteve envolvido no desenvolvimento de computadores pessoais mantendo sempre o seu interesse sobre história da ciência. Atualmenteleciona no Centro de Administração da Universidade de Bradford. Em 1976 tornou-se Maçom e rapidamente tornou-se um conceituado palestrante sobre a história da Maçonaria nas Lojas da região de West Yorkshire. Seu segundo livro, O Segundo Messias, foi publicado em 1997 e está disponível pela Arrow em sua versão original em inglês e pela Editora Landmark em sua versão em português. Seu último livroUrieli Machine também está disponível pela Arrow.

*************************

Z. Rodrix nasceu no Rio de Janeiro em 1947, é músico, autor teatral, palestrante, publicitário e escritor. Teve seu romance de estréia, Diário de um Construtor do Templo, primeiro volume da Trilogia do Templo, premiado em 2000 com o prêmio Lima Barreto Especial do Júri, concedido pela UBE. Iniciado em 1991 no RitoEscocês Antigo e Aceito, milita na Maçonaria desde essa data sem interrupções, tendo alcançado o Grau 32°, sendo também membro das Lojas de Mark Masonry e de Royal Arch Masonry, na cidade de São Paulo.

Dedicado à memória de John Marco Allegro Um homem vinte anos à frente de seu tempo.

Nada é tão oculto que não possa ser conhecido, ou tão secreto que não possa vir à luz. O que vos digo nas trevasque seja dito na luz. E o que ouvirdes em um sussurro, proclamai do alto do edifício. Yehoshua Ben Joseph, também conhecido como Jesus Cristo

Índice Introdução à Edição em Língua Portuguesa 1 Introdução 1 1. Os Segredos Perdidos da Maçonaria A Mais Pura Falta de Objetividade Um Pobre Candidato Imerso em Trevas Os Mistérios Ocultos da Natureza e da Ciência Uma Pequena Luz Conclusão 2. Começa aBusca Onde se originou a Ordem? O Templo do Rei Salomão Conclusão 3. Os Cavaleiros Templários Os Primórdios da Ordem O Que Buscavam os Templários? A Regra da Ordem O Selo da Ordem A Organização da Ordem Conclusão 4. A Conexão Gnóstica Os Primeiros Censores Cristãos Os Evangelhos Gnósticos A Ressurreição Gnóstica Conclusão 5. Jesus Cristo: Homem, Deus, Mito ou Franco-Maçom? Mais um Nascimento de...
tracking img