A bolsa amarela

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (855 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A BOLSA AMARELA
Raquel era uma menina de muita imaginação e com uma personalidade própria. Dava nome a tudo que pensava e imaginava tudo com quase certeza absoluta de ser real. Dava vida aos objetosinanimados. Vivia profunda luta por “não ser feliz sendo criança”. Sentia-se desrespeitada, violada muitas vezes e sem direito algum, nem de expressão nem e ação. Tinha ainda uma angustia em ser umacriança “rejeitada” por todos, que afirmavam que ela não deveria ter nascido. Achou em seu mundo refugio do mundo real, uma fuga cada vez mais apontada como solução para sua vida, a qual acreditavaser “excedente” em sua casa. Um erro um acidente por assim dizer. Seu refugio foi a BOLSA AMARELA, ganhada de tia Brunida, que passou a ser seu mundo imaginário cheio de bolsos, que ela carinhosamentechamava de “portas e janelas”. Raquel era cercada de adultos e constantemente, atropelada por eles, que não lhe davam oportunidade de expressão não a reconhecia como membro da família. Dividia umacasa, mas não a vida com sua família. Sentia se verdadeiramente excluída, diferente, á parte deste mundo adulto idealizado por sua família.
Suas vontades: ser grande, ser menino e ser escritora; cresciamà medida que era oprimida. Ela narra, em seu mundo de imaginação, dando vida as suas vontades, tornando-as tão reais quanto ela mesma. Narra suas felicidades e suas frustrações, que fazia com que“crescesse e engordasse” como descrevia a própria Raquel. Fazia parecer tão real, que em vários momentos, chegamos a embarcar nesta imaginação, crendo que são personalidades concretas e reais. Asimplicidade e clareza de linguagem faz com que voltemos ao nosso mundo de infância. E algumas aventuras, chega a trazer nos á memória, nossas próprias aventuras. Alguns fatos fazem nos lembrar deste mundoesquecido dentro de nós mesmos.
Voltamos às vontades de Raquel, observamos que são na verdade, “o vazio dentro dela” a falta de voz que os dá vida. Á medida que sua vida ia preenchendo, Raquel via...
tracking img