A bicicleta e a cidades

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1978 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A bicicleta assim como outros meios de locomoção não motorizadas é a grande ferramenta para a melhoria de vida, centros das cidades e meio ambiente .
Elaborações de ciclovia permite a criação de uma infraestrutura eficiente e de alta qualidade para a população das cidades, que ofereça conforto e segurança para ciclistas e pedestres, além de estimular, por meio de investimentos públicos e açõesconcretas, uma mudança cultural relativa ao modo de apropriação e uso do espaço urbano,tornando-o mais humano e sustentável.
É evidente o problema enfrentado pela população com relação a distribuição das vias de locomoção voltadas somente para veículos motorizados e o notável aumento de veículos particulares cujos efeitos negativos são distribuídos por toda a sociedade, inclusive entre aquelesque não possuem carro.
O aumento da frota de veículos particulares acarretam vários problemas em relação a saúde e meio ambiente, com poluição do ar e colaboração para o efeito estufa, doenças respiratórias devido a emissão de gases poluentes, acidentes no trânsito e estresse devido aos longos e lentos congestionamentos, estes que por sua vez tem forçado a elaboração de vias “extras” paradiminuir o seu índice, porem com a construção de novas vias para veículos tem feito com que os espaços públicos de uma cidade sejam em sua maioria utilizados por ruas e avenidas voltadas somente para a circulação de automóveis.
“Muitos dos trajetos longos feitos a pé poderiam ser feitos de bicicleta, como ilustram os dados. Por exemplo, em 2007, 38,1% dos deslocamentos diários nas regiõesmetropolitanas no Brasil foram feitos a pé e, se forem consideradas apenas as viagens curtas, ou seja, as de até aproximadamente 15 minutos, esse número sobe para 70% (OD, São Paulo, 2007).” Pag 14.
Podemos identificar dois tipos de elaboração de planos de cidades, um cuja promove estilo de vidas cada vez mais mais individualizado, ao priorizarem o uso dos transportes
particulares restringindo,gradualmente, o convívio social e outro baseado no uso de transportes não motorizado, onde o convívio e a relação com outras pessoas traz benefícios diretos para a qualidade do meio ambiente local e global.
“Pouco a pouco, diversas cidades ao redor do mundo vêm reconquistando seus espaços públicos com a implantação de melhores calçadas e ciclovias e reduzindo as áreas ocupadas por estacionamentos,a fim deque estes voltema ser habitáveis ou possam acolher atividadespúblicas. Além disso, os veículos motorizados vêm sendo substituídos por meios de transporte de maior capacidade e mais econômicos como o metrô, trens, VLTs (Veículos Leves sobre Trilhos), ônibus coletivos e bicicletas” pag 18.
“Associado aos meios não motorizados, o espaço urbano de qualidade produz áreas habitáveis, centros comerciaismais atraentes, reduz os impactos negativos causados pelo tráfego, promove um aproveitamento do solo mais eficiente e valoriza o percurso, entre outras vantagens”. Pag19
“A problemática da mobilidade brasileira não se limita apenas à questão do uso excessivo do automóvel, como tradicionalmente ocorre em países de alta renda per capita (Figura6). No Brasil, ao contrário, a maior parte da populaçãonão possui renda suficiente para adquirir um veículo próprio. A mobilidade limitada agrava ainda mais a desigualdade social, pois a relação renda acesso ao automóvel está diretamente ligada à quantidade de deslocamentos diários que cada parcela da população faz, ou seja, ao potencial de mobilidade urbana (ver gráfico da Figura 7). As classes de renda mais alta, que têm acesso ao carro ou à váriasviagens em transporte público, possuem maior mobilidade que as de renda mais baixa. A mobilidade espacial é um paradigma da mobilidade social, pois quanto maior a facilidade de locomoção, maior o acesso aos equipamentos sociais da cidade, como escolas, centros de saúde, culturais e de lazer, e às áreas de maior concentração de empregos.
Aumentar a mobilidade da população, principalmente da...
tracking img