A articulação da economia e da política nos processos de qualificação dos trabalhadores de pernambuco frente à implantação dos novos empreendimentos produtivos.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6222 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
RELATÓRIO FINAL DE ATIVIDADES DO BOLSISTA PIBIC/CNPQ – UFPE

|IDENTIFICAÇÃO |

Nome do orientador: Angela Santana do Amaral
Nome do Aluno: Carla Julliane Pereira de Oliveira
Área/Sub-área do projeto: 6.10.00.00-0 – Serviço Social
Título do projeto: Trabalho e Qualificação noCapitalismo Contemporâneo
Título do subprojeto: A articulação da economia e da política nos processos de qualificação dos trabalhadores de Pernambuco frente à implantação dos novos empreendimentos produtivos.

RESUMO DO TRABALHO

A instalação de novos empreendimentos produtivos no Complexo Industrial e Portuário de Suape, como a Refinaria Abreu e Lima, o Estaleiro Atlântico Sul, e o PóloTêxtil tem mobilizado o Estado, o empresariado e os trabalhadores pernambucanos, e tem sido o principal objeto do discurso destes sujeitos, assim como da mídia pernambucana. Através de um discurso articulado, Estado e empresariado assinalam que a chegada destes empreendimentos inaugura uma nova fase para Pernambuco, com ênfase em duas perspectivas principais: o caráter desenvolvimentista que cercatais iniciativas e que acarretará na elevação dos índices econômicos do Estado; e o conseqüente desenvolvimento social, que segundo estes sujeitos, virá com a abertura de milhares de postos de trabalho, diretos e indiretos, para os trabalhadores. Para estes, em especial os que moram no entorno de Suape, este novo cenário abre a possibilidade de emprego e, conseqüentemente, de melhoria de vida. Com aesperança de uma colocação ou recolocação no mercado de trabalho, muitos trabalhadores têm buscado, através das iniciativas oferecidas no âmbito estadual ou através dos cursos privados oferecidos por algumas instituições de ensino, ampliar o seu campo de conhecimento e de atuação profissional, para assegurarem uma vaga nos novos empreendimentos de Suape. Diante disso, observou-se a centralidadedada às iniciativas de qualificação profissional, que perpassa o discurso do governo anterior e também do atual, empresários e trabalhadores pernambucanos. O presente trabalho – partindo de uma compreensão macro da sociedade e analisando-a a partir de uma perspectiva crítica – buscou identificar qual o direcionamento, as determinações e as iniciativas tomadas em nível estadual, referentes às açõesde qualificação profissional. Para isto, partiu-se da concepção de que a qualificação profissional não se configura como um mero conjunto de ações que visam à inserção dos trabalhadores no mercado de trabalho; está, portanto, inserida na dinâmica capitalista contemporânea, constituindo-se como um forte instrumento ideológico para sua reprodução. Esta pesquisa de cunho qualitativo teve comoprocedimentos metodológicos a leitura de bibliografias referentes ao objeto de pesquisa; a leitura e sistematização de matérias jornalísticas referentes ao tema proposto, extraídas dos jornais de maior circulação no Estado de Pernambuco (Jornal do Commercio, Diário de Pernambuco e Folha de Pernambuco), com o objetivo de identificar o tratamento dado pela mídia ao discurso e os argumentos do Estado sobre aqualificação, entendendo a importância dos meios de comunicação enquanto agentes formadores de opinião e divulgadores de uma dada ideologia. Pôde-se concluir, dentre outras questões, que as iniciativas de qualificação dos trabalhadores adotadas no Brasil estão vinculadas aos argumentos de desenvolvimento das economias locais, a partir do aumento da produtividade e do enfrentamento do problema dodesemprego. Considera-se que esta concepção de qualificação profissional atribui exclusivamente ao trabalhador a responsabilidade pela sua não inserção no mercado de trabalho, tendo em vista as exigências postas de incorporação de novas habilidades e competências por parte dos trabalhadores. Entendemos que, ao se colocar a qualificação profissional como a “tábua de salvação” para o problema do...
tracking img