A arte do cuidar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2887 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIÃO EDUCACIONAL DO NORTE- UNINORTE
FACULDADE BARÃO DO RIO BRANCO- FAB

As origens da prática do cuidar.






Rio Branco/AC
2012
ALRINE CRISTINA BEZERRA DE SOUZA
HANA LARISSA DE ALENCAR PEREIRA
HILDA MORAIS DIAS
JAINE AMANCIO NOLASCO
JÉSSICA NASCIMENTO DA SILVA
KLEYTIANE NOLASCO DE ABREU
MIDIAM VAZ DE ARAÚJO
QUEZIA DOS ANJOS DA SILVA
WEVERTON SAULO RIBEIRODOS SANTOS







As origens da prática do cuidar.

Origens da prática do cuidar apresentada a disciplina de enfermagem e ciência, como requisito para obtenção da nota parcial da B2, sob orientação do professor Jair Alves Maia.




Rio Branco/AC
2012

AS ORIGENS DA PRÁTICA DO CUIDAR
1.1 ORIGENS DA AÇÃO DO CUIDAR
O homem passou a civilizar-se quando abandonou oestilo de vida nômade e, a partir daí a ação do cuidar garantiram ao homem a manutenção da sua sobrevivência, fixando-se na terra, se libertou do habito de caçar e colher dando inicio a uma vida de agricultor e criador de animais. Esse processo teve inicio há cerca de 10 mil anos atrás, considerando que o termo homo, que se refere a todos nós, surgiu na superfície há aproximadamente dois milhões deanos e a nossa espécie, Homo sapiens, existe há apenas 100 mil anos. As práticas de saúde eram totalmente instintivas.

1.2 O RITUAL DO CUIDAR

Para estudar como os grupos primitivos cuidavam de doentes, seria necessário observar os achados arqueológicos, pois a arqueologia é a ciência que desvenda os marcos da existência humana no passado. Não existe uma data certa para o início da históriahumana. O Egito por muito tempo foi considerado o berço da civilização, até que algumas escavações na região da antiga Mesopotâmia, no século XVII, mostram que esse seria realmente o berço da civilização. A figura humana mais primitiva foi achada na África do Sul, perto de Pretória, capital do país.
O grande rei babilônico foi Hamurabi (1792 a.C.-1750 a.C.), no qual criou um sistema de leisbastante avançado para a época, como “olho por olho, dente por dente”. Essas leis organizaram-se em um código- o código de Hamurabi- no qual exerceu grande influência na legislação dos hebreus, gregos e cromos. Neste código existiam normas de conduta, o valor que deveria ser cobrado às pessoas que necessitavam do serviço do sacerdote/médico. Babilônia foi destruída, mas depois foi reconstruída porNabucodonosor, em cujos palácios foram instalados os jardins Suspensos, onde cultivava plantas com poderes curativos ou medicinais.
Abraão, descendente de Noé, viveu na mesma região da Mesopotâmia. Abraão chamado por Deus para abandonar o costume politeísta, partiu com sua esposa para Canaã. A grande contribuição do povo hebreu para a humanidade foi o legado cultural religioso monoteísta, que setornou único entre os povos contemporâneos. O povo hebreu também criou os Dez Mandamentos, por meio de Moisés, no qual contêm as regras éticas de relacionamento humano e referências de saúde mental.
Moisés também estabeleceu o Código Mosaico para regular práticas religiosas que abrangia aspectos sanitários e de saúde. Neste código estavam as regras pra prevenção de doenças, normas para inspeção eseleção de animais para o abate; portadores de lepra deveriam ser isolados da coletividade.
No velho testamento encontra-se uma importante fonte de estudo sobre a alimentação dos hebreus. A prática da hospitalidade era outra regra dos hebreus, assim como a prática de visitas e o cuidado de doentes.
Que caminho a ação do cuidar tem percorrido no desenvolvimento da humanidade? A proteção materna foia primeira forma de manifestação do ser humano no cuidado de seu semelhante. As práticas de saúde estavam a serviço da sobrevivência.
Os sacerdotes tinham as práticas místico-religiosas, tornando-se guardiões das tradições para manter a vida do grupo.

1.3 A FIGURA DO CUIDAR ATRAVÉS DOS TEMPOS

A enfermeira francesa Françoise Colliére faz um estudo sobre como começou até se transformar o...
tracking img