A arte de tocar violao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (358 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A ARTE DE TOCAR VIOLAO


Era uma vez, em uma cidade pequena e simples, de gente simples.
Havia um garoto, que no auge de sua adolescência, de descobertas e decepções. Talvez uma das fasesmais importantes da vida, no desenvolvimento do perfil de um ser humano. Este teria se interessado pela arte, a arte da musica. Em uma noite qualquer, numa praça onde era o ponto de encontro de muitosjovens que após a aula ou até mesmo antes (...) se encontravam ali para namorar, beber, ouvir musicas altas em seus carros, enfim, tudo o que a juventude tem a oferecer. E também tinham aqueles quegostavam da musica natural, os que gostavam de fazer ao vivo, isso mesmo, um tocando violão e outros dois cantando uma musica sertaneja destas tipo raiz.
Então, Rafinha com outros dois amigos que saiamda escola, passando por lá, viram aquela rodinha* num dos bancos da praça. Não se conteram e pararam por ali. Rafinha, Marcelo e Rodrigo ficaram encantados com a habilidade daquele cara que tocava oviolão e a seriedade e paixão que os outros dois cantavam, sem falar que as meninas adoravam e cantavam junto com eles. Rodrigão logo comentou:
Cara! Que massa! Eu curto essas musicas ai.
Marcelotambém fez um comentário:
Eu também. Meu pai sempre fica cantando estes tipos de musicas, eu sei um monte delas. E esse carinha ai toca certinho. Sem falar que as minas acham massa quem toca ne?Puts! Eu tenho vontade de aprender.
Já o Rafinha, este nem piscava os olhos diante daquele cara com o violão, que tocava com tanta vontade. Ficou tao impressionado, com o som que as cordas faziam, comas posições e o movimento das mãos, o entrosamento da letra da musica, do tom da voz o ritmo e o quanto cativava os outros. Ficou ali até quando pararam de tocar e foram embora. No caminho de casa, oassunto não podia ser outro senão a beleza de tocar e cantar. Rafinha demorou a pegar no sono, pois não conseguia parar de pensar naquilo e imaginava-se tocando um violão. Aquela noite decidiria o...
tracking img