A arte de convencer

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2106 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TEMA
Argumentação

TÍTULO
A Arte de Convencer.

INTRODUÇÃO
A argumentação é um recurso que tem como propósito convencer alguém, para que esse tenha a opinião ou o comportamento alterado. É expressar uma convicção, um ponto de vista, que é desenvolvido e explicado de forma a persuadir o ouvinte ou o leitor. Para isso é necessário que apresentemos um raciocínio coerente e convincente,baseado na verdade, e que influencie o outro, levando-o a agir e a pensar em conformidade com os nossos objetivos
A argumentação pode ser estudada por várias perspectiva e uma delas é a abordagem retórica que surge como preparação dos discursos na era clássica. A retórica clássica teve sua origem nos gregos, quando eles mostraram seu domínio de expressão verbal ao falar publicamente suas ideias.Nessa época a retórica foi vista como uma técnica para convencer de forma elegante os seus receptores. Porém, essa arte tornou-se sinônimo de um discurso bonito, mas enganador, perdendo assim o seu foco inicial. Hoje em dia, a nova retórica substituiu essa arte de convencer pelo discurso público oral pela presença física veiculada por órgãos de comunicação de massa, como a televisão, tornando esserecurso à imagem mais imprescindível.

DESENVOLVIMENTO
Na construção de alguns textos com temas polêmicos os argumentos são essenciais, esses serão as provas que apresentaremos, com o propósito de defender nossa ideia e convencer o leitor de que essa é a correta. O texto a seguir trata de um tema bastante polêmico. Ele fala sobre a redução da maioridade penal no Brasil.
A Redução daMaioridade Penal no Brasil.

No Brasil, a maioridade penal já foi reduzida: Começa aos 12 anos de idade. A discussão sobre o tema, portanto, é estéril e objetiva, na verdade, isentar os culpados de responsabilidade pelo desrespeito aos direitos e garantias fundamentais da criança e do adolescente, previstos na constituição Federal.
O maior de 18 anos de idade que pratica crimes e contravençõespenais (infrações penais) pode ser preso, processado, condenado e, se o caso, cumprir pena em presídios. O menor de 18 anos de idade, de igual modo, também responde pelos crimes ou contravenções penais (atos infracionais) que pratica.
Assim, um adolescente com 12 anos de idade (que na verdade ainda é psicologicamente uma criança), que comete atos infracionais (crimes), pode ser internado (preso),processado, sancionado (condenado)e, se o caso, cumprir a medida (pena) em estabelecimentos educacionais,que são verdadeiros presídios.
O Estatuto da Criança e do Adolescente, ao adotar a teoria da proteção integral, que vê a criança e o adolescente (menores) como pessoas em condição peculiar de desenvolvimento, necessitando, em consequência, de proteção diferenciada, especializada e integral, nãoteve por objetivo manter a impunidade de jovens, autores de infrações penais, tanto que criou diversas medidas sócio-educativas que, na realidade, são verdadeiras penas, iguais àquelas aplicadas aos adultos.
Assim, um menor com 12 anos de idade, que mata seu semelhante, se necessário, pode ser internado provisoriamente pelo prazo de 45 dias, internação esta que não passa de uma prisão, sendosemelhante, para o maior, à prisão temporária ou preventiva, com a ressalva de que para o maior o prazo da prisão temporária, em algumas situações, não pode ser superior a 10 dias. Custodiado provisoriamente, sem sentença definitiva, o menor responde ao processo, com assistência de advogado, tem de indicar testemunhas de defesa, senta no banco dos réus, participa do julgamento, tudo igual ao maior de18 anos, mas apenas com 12 anos de idade. Não é só. Ao final do processo, pode ser sancionado, na verdade condenado, e, em consequência, ser obrigado a cumprir uma medida, que pode ser a internação, na verdade uma pena privativa da liberdade, em estabelecimento educacional, na verdade presídio de menores, pelo prazo máximo de 3 anos. A esta altura muitos devem estar se perguntando: Mas a...
tracking img