A arte de contar histórias na educação infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 33 (8070 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 5 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de Conclusão de Curso
A ARTE DE CONTAR HISTORIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Guarulhos
2011

Trabalho de Conclusão de Curso
A ARTE DE CONTAR HISTORIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Guarulhos
2011


A ARTE DE CONTAR HISTORIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL


Bruna da Silva Melo
Luane Alves dos Santos
Marinalva Ramos DuarteSilvana Rodrigues





Guarulhos
2011







A ARTE DE CONTAR HISTORIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL


Monografia apresentada a Universidade Anhanguera do Estado de São Paulo, como requisito parcial a obtenção da graduação em licenciatura plena em Pedagogia.





Guarulhos
2011

DEDICATÓRIA



Dedicamos este trabalho aos contadores de histórias, quedesempenha um papel fundamental na vida dos educandos, desenvolvendo a criatividade e despertando o lado imaginário das crianças.


AGRADECIMENTOS

Agradecemos a Deus, que nos concedeu a vida, a oportunidade e a capacidade para chegarmos até aqui.
Aos nossos familiares e amigos, que nos apóiam em todos os momentos deste longo caminho.

.

EPÍGRAFE

“O homem não é nada além daquiloque a educação faz dele.”

(Immanuel Kant)

Sumário

INTRODUÇÂO

O trabalho aborda a importância de contar historias na educação infantil, o surgimento da historia e o desenvolvimento que elas proporcionam na vida dos educandos.
De acordo com alguns teóricos, abordamos a questão de como as historias podem ser trabalhadas em sala de aula e até mesmo no ambiente familiar. Aborda também afalta de tempo tanto da família, quanto dos profissionais docentes em compartilhar estas experiências com os próprios filhos, devido aos afazeres cotidianos e vários outros aspectos tecnológicos que agravam diretamente esta perda.
O capitulo I fala da contação de historias e sua trajetória na sociedade, aborda o surgimento e sua trajetória, mostra a importância que a historia faz no processocognitivo, possibilitando abrir novos horizontes e despertando o lado imaginário, para que possam fazer sua própria criação.
O capitulo II aborda a historia da educação infantil como um processo de construção do indivíduo, fazendo uma reflexão de sua própria historia na sociedade, com o processo educacional, apresenta novas mudanças com a nova LDB e seus ganhos na educação básica, tornando todos estesaspectos primordiais na educação infantil.
O capitulo III relata a importância de contar historias na educação infantil de diversas maneiras: Lúdica, envolvente, visual e dramática, proporcionando o educador a criar novos métodos para atingir um resultado satisfatório em sala de aula. Apresenta também a contação de historias através de fantoches no qual a imaginação das crianças diversifica,tornando-os confiantes, criativos, críticos e autônomos, despertando cada vez mais o lado intelectual da criança.
Através deste trabalho esperamos contribuir para a discussão do tema de uma forma que a escola possa ser vista como um ambiente de aprendizagem, mas com prazer, e que todos possam se expressar dando ao profissional de educação infantil um ponto de partida, ou seja, um novo conhecimento.Apresentamos e defendemos várias maneiras na contação de historias, como a narração que é o elemento primordial na contação de historias, a dramatização, historias caracterizadas, entre outras. Segundo os teóricos este deste aprendizado o educador proporciona ao educando um momento constante e prazeroso, fazendo com que estes alunos desenvolvam o lado cognitivo e imaginário, penetrando no mundode fantasias que os alunos possuem.

RESUMO
O tema “A arte de contar história na Educação Infantil” levanta várias questões como: Qual a origem da contação de histórias? Quem são os contadores de história? Qual a importância de contar histórias na educação infantil (ou na escola)? Qual a diferença entre ler e contar uma história. Existem outras formas de se contar histórias? Inventar uma...
tracking img