A aprendizagem como objeto de estudo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1162 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A aprendizagem como objeto de estudo
Qualquer um de nós é capaz de responder sem pestanejar a perguntas do tipo: O que você aprendeu hoje na escola? E sabemos também justificar nossas habilidades, por exemplo, de escrever e ler, consertar alguma coisa ou dançar, dizendo que aprendemos. Usamos o termo aprender sem dificuldades, pois sabemos que, se somos capazes de fazer algo que antes nãofazíamos, é porque aprendemos.
No entanto, para a Psicologia, o conceito de aprendizagem não é tão simples assim. Há diversos fatores que nos levam a apresentar um comportamento que anteriormente não apresentávamos, como o crescimento físico, descobertas, tentativas e erros, ensino etc. Nós mesmo temos uma amiga que sabe uma poesia inteira em francês, porque copiou 10 vezes como castigo, há 20 ano, etem apenas uma vaga idéia do que está dizendo quando a declama. Podemos dizer que ela aprendeu a poesia? Essa diferentes situações e processo não podem ser englobados num só conceito.
E, assim, a Psicologia transforma a aprendizagem em um processo a ser investigado.
São muitas as questões consideradas importantes pelos teóricos da aprendizagem: Qual o limite da aprendizagem? Qual aparticipação do aprendiz no processo? Qual a natureza da aprendizagem? Há ou não motivação subjacente ao processo? As respostas a essas questões têm originado controvérsias entre os estudiosos.

Teoria da aprendizagem
Encontramos um número bastante grande de teorias da aprendizagem. Essas teorias poderiam ser genericamente reunidas em duas categorias: as teorias do condicionamento e as teoriascognitivistas.
No primeiro grupo, estão as teorias que definem a aprendizagem pelas suas consequências comportamentais e enfatizam a condições ambientais como força propulsoras da aprendizagem.
Aprendizagem é a conexão entre o estímulo e a resposta. Completamente a aprendizagem, estímulo e resposta estão de tal modo unido, que o aparecimento do estímulo evoca a resposta.
No segundo grupo estão asteorias que definem a aprendizagem como um processo de relação do sujeito com o mundo externo e que tem consequências no plano da organização interna do conhecimento (organização cognitiva). A concepção de Ausubel, apresentada no livro aprendizagem significativa -- a teoria de David Ausubel, de Moreira e Masini, que se enquadra neste grupo, dez que a aprendizagem é um elemento que provém de umacomunicação com o mundo e se acumula sob a forma de uma riqueza de conteúdo cognitivos. É o processo de organização de informações e integração do material pela estrutura cognitiva.
O indivíduo adquire, assim, um número crescente de novas ações como forma de inserção em seu meio.

Controvérsias básicas entre estas concepções
De maneira geral, poderíamos aponta três controvérsias. A primeirarefere-se á questão do que é aprendido e como.
Para os teóricos do condicionamento, aprendemos hábitos, isto é, aprendemos associação entre um estímulo e uma resposta e aprendemos praticando; para os cognitivistas, aprendemos a relação entre idéias (conceitos) e aprendemos abstraindo de nossa experiência.
A segunda controvérsia refere-se questão do que mantém o comportamento que foi aprendido.Para os teóricos do condicionamento, o comportamento é mantido pelo sequenciamento de respostas. Explicando melhor: uma resposta é, na realidade, um conjunto de respostas intermediárias: pegar a chave na posição certa para que entre na fechadura, encaixá-la na fechadura, virar corretamente e abaixar então a maçaneta. São essas diversas respostas que, reforçadas (bem-sucedidas), preparam a etapaseguinte e mantêm a cadeia de respostas até que o objetivo do comportamento seja atingido.
Para os cognitivistas, o que mantém um comportamento são os processo cerebrais centrais, tais como a atenção e a memória, que são integradores dos comportamentos.
A terceira controvérsia refere-se á maneira como solucionamos uma nova situação-problema (transferência da aprendizagem).
Para os teóricos...
tracking img