A afetividade na Educação Infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 95 (23612 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 17 de setembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
 WPOS



PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU
CURSO PSICOPEDAGOGIA










NEILA SOUZA RODRIGUES AMARO





AFETIVIDADE E INTELIGÊNCIA
REFLEXÕES PARA UMA INTERVENÇÃO PSICOPEDAGÓGICA QUE FAVOREÇA A APRENDIZAGEM INFANTIL














São Paulo - SP
2012




















AFETIVIDADE E INTELIGÊNCIA
REFLEXÕES PARA UMAINTERVENÇÃO PEDAGÓGICA QUE FAVOREÇA A APRENDIZAGEM INFANTIL



Monografia elaborada como requisito parcial do curso Psicopedagogia da Faculdade Integrada da Grande Fortaleza/ Posead/ Educação à Distancia, sob a orientação da Profª Ms. Odnéa Quartieri Ferreira Pinheiro













São Paulo
2012











Ao Deus Criador de tudo e todos
Obrigada por mais estarealização.





À minha família obrigada pelo incentivo e compreensão.





































“Jamais pude dissociar o biológico e o social, não porque o creia redutíveis entre si, mas porque, eles me parecem tão estreitamente complementares, desde o nascimento, que a vida psíquica só pode ser encarada tendo em vista suas relações recíprocas.”
HenryWallon, 1951







EPÌGRAFE

Para a garantia do sucesso do processo de ensino-aprendizagem é necessário que exista um equilíbrio de condições internas e externas que sejam favoráveis e à construção do conhecimento pela criança e à apropriação de ferramentas sociais simbólicas.
O apoio psicopedagógico é essencial para orientar e estruturar formas de ações e ouintervenções pedagógicas no processo de ensino-aprendizagem.

















Resumo

Este trabalho apresenta uma reflexão teórica sobre a relação entre afetividade e aprendizagem no processo de desenvolvimento infantil a partir das contribuições dos estudos realizados por Piaget, Vygotsky e Wallon. O presente estudo e pesquisa constitui uma ferramenta para o trabalhopsicopedagógico institucional na comprovação de que não há dicotomia entre cognição e afetividade, sendo possível compreender que estes dois elementos são indissociáveis na apropriação do conhecimento pelo sujeito. As experiências afetivas vivenciadas pelo sujeito com o objeto de conhecimento e no espaço onde estas se efetivam serão fatores determinantes para possibilitar o pleno desenvolvimentoda sua aprendizagem promovendo-as ou configurando dificuldades e impedimentos à este processo quando essas experiências forem negativas.

Palavras-Chave: Desenvolvimento Infantil, Aprendizagem, Afetividade e Cognição.

















WPOS 1
6





Introdução

O ser humano é afetado tanto por elementos externos do seu meio social,quanto por sensações internas. Os elementos internos, relacionados ao aspecto cognitivo humano, são caracterizados como informações abstraídas do meio social onde está inserido: objetos de desejo, informações, entre outros, já as sensações internas são reconhecidas como manifestações de estados emotivos e impulsos: medo, raiva, alegria, fome, etc. Essa é uma condição humana definida como afetividadee é essencial para o desenvolvimento. 
Neste trabalho buscou-se elucidar como se dá o desenvolvimento infantil, como também reiterar que os desenvolvimentos intelectual e afetivo estão intimamente interligados.
Esta pesquisa propõe-se como uma ferramenta de trabalho para cura instrumentalizar o psicopedagogo para trabalhar a relação afetividade e aprendizagem na formação deprofessores nas instituições de educação infantil o que é indispensável para a superação das dificuldades de aprendizagem.
A evolução do sujeito em seus aspectos orgânicos e afetivos é a base para a sua evolução cognitiva. Sendo, portanto, necessário esse conhecimento por parte do psicopedagogo para instrumentalizar a prática pedagógica de modo que a metodologia de ensino adotada...
tracking img