A abertura econômica brasileira na década de 1990 e o mercado comum do sul - mercosul: aspectos relevantes na história de um brasil emergente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 22 (5333 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 22 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A ABERTURA ECONÔMICA BRASILEIRA NA DÉCADA DE 1990 E O MERCADO COMUM DO SUL - MERCOSUL: ASPECTOS RELEVANTES NA HISTÓRIA DE UM BRASIL EMERGENTE



Flávia Adriana Santos Rebello[1]
M. Sc. Mirta Maria Tessaro[2]

RESUMO

Entender os mecanismos que regem as relações internacionais entre as nações é ponto primordial para a compreensão das diretrizes governamentais acerca dos aspectoseconômicos, sociais e de desenvolvimento tecnológico. O Brasil, por sua vez, vem conduzindo estas relações a partir de 1990, diante da abertura econômica, de modo a promover maior inserção do país nos mercados americano, asiático e europeu. Para tanto, faz parte do Mercado Comum do Sul – Mercosul que visa fortalecer as nações participantes criando condições de competir de forma equilibrada com os demaisblocos econômicos existentes. Países considerados emergentes têm elencado resultados positivos quando fortalecidos pelos tratados internacionais, demonstrando desta forma a necessidade de interligação e troca constante de experiências acerca dos mercados a que pertencem e que objetivam. O presente trabalho tem por objetivo apresentar um relato da história econômica brasileira enfatizando o períodoposterior a 1990, seguido pela formação do Mercosul e apontamentos das influências do referido tratado nas relações comerciais internacionais brasileiras.


Palavras-chave: Abertura econômica. Mercosul. Tratados internacionais.


INTRODUÇÃO

O curso da história brasileira tem mostrado diversos momentos de instabilidade e inúmeras tentativas de promover a sustentabilidade de uma economiacapaz de representar a grandiosidade geográfica e de recursos que o Brasil possui.
Aliados importantes na América do Sul, que outrora se mostraram rivais em disputas na era do Brasil colônia, hoje fazem parte de um acordo econômico que visa reforçar a dinâmica comercial imposta pela globalização, fenômeno este que embora recente, à época do surgimento do Mercado Comum do Sul – Mercosul, ainda sedesconhecia a intensidade com que atualmente se apresenta há apenas duas décadas.
Seguindo um roteiro em que são expostos pontos importantes acerca da história do Brasil, continuando pelo histórico de criação do Mercosul, o presente artigo busca elucidar influências do bloco econômico no desenvolvimento do Brasil como nação emergente e que procura ampliar sua participação no mercado internacionalao longo do tempo.

1. HISTÓRIA ECONÔMICA BRASILEIRA

O Brasil tem se mostrado uma nação capaz de se reinventar diante das dificuldades econômicas ocorridas ao longo de sua história.
Enfatiza Gennari (2002, p.33):

Transcorridos vinte anos de ditadura militar, a sociedade brasileira experimentou, em meados dos anos oitenta, algumas mudanças profundas, representadas de um lado pela aberturapolítica e, de outro lado pela profunda crise econômica, oriunda fundamentalmente do esgotamento do padrão de financiamento da acumulação (dívida externa elevadíssima, recrudescimento do processo inflacionário, estagnação, etc.) e das mudanças estruturais por que passava o modo de produção capitalista em nível mundial.

A história brasileira apresenta em sua essência ciclos como base de seudesenvolvimento econômico. Desde a época da colonização portuguesa (1500 – 1822) até o final dos anos de 1930, a produção de produtos primários era a base do mercado.
À esta época, “o Brasil era uma colônia submetida à uma política imperial mercantil, que tinha três principais grandes ciclos de produção econômica – o açúcar, o ouro e, a partir de início do século XIX, o café.”[3]
Após operíodo em que o Brasil foi fortemente dependente da mão de obra escrava oriunda da África (cerca de 3 milhões de escravos importados no total), deu-se a avalanche da imigração europeia ( principalmente Portugal, Itália, Espanha e Alemanha) até meados dos anos de 1930, decorrente da I Guerra Mundial. Tais novos componentes da população brasileira instalaram-se, basicamente, nas regiões sul e sudeste,...
tracking img