Zoonoses

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 38 (9431 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Zoonoses e Doenças Infecciosas

Definição estabelecida pelo comitê da Organização Mundial de Saúde: “Doenças ou infecções naturalmente transmissíeis entre animais vertebrados e seres humanos”.
Resumo das seguintes zoonoses e doenças infecciosas:
Ancilostomíase

Sinonímia: Amarelão, opilação, doença do Jeca Tatu.
Agente etiológico: diversos vermes nematóides da família Ancylostomidae:
Ex:Ancylostoma duodenale e Necator Americanus.
Reservatório: homem.
Modo de transmissão: Os ovos que estão nas fezes são depositados no solo onde se tornam embrionados. Dentro de 7 a 10 dias, e em condições favoráveis de umidade e temperatura, as larvas tornam-se infectantes. A infecção nos homens se dá quando essas larvas infectantes penetram na pele, geralmente pelos pés, causando uma dermartitecaracterística.
As larvas de A. caninum morrem dentro da pele e produzem a “larva migrans cutânea”.
As larvas dos outros ancilóstomos, após penetrarem a pele, passam pelos vasos linfáticos, ganham a corrente sangüínea e nos pulmões penetram nos alvéolos. Daí migram para a traquéia e faringe, são deglutidas e chegam ao intestino delgado.
Transmissibilidade: indivíduos infectados contaminam osolo durante vários anos. As larvas podem permanecer infectantes no solo durante várias semanas.
Complicações: A infecção pode apresentar-se assintomática. Ou pode ocorre anemia, hipoproteinemia (crianças c/ parasitismo intenso), insuficiência cardíaca, anasarca.
Se parasitismo errático nos pulmões, pode haver hemorragia e pneumonite.
Diagnóstico: Exame parasitológico de fezes.
Medidas decontrole: Hábitos pessoais de higiene (lavar as mãos antes das refeições e uso de calçados) e saneamento básico.
Brucelose

Brucella abortus Aborto por Brucelose
Sinonímia: Febre ondulante, febre de Malta, febre do Mediterrâneo, doença das mil faces.
Agente etiológico: Cocobacilos gram-negativos do gênero Brucella: Brucella abortus, biótipos 1-6 e 9; Brucella melitensis, biotipos 1 e 3; Brucellasuis, biotipos 1 e 5; Brucella canis.
Reservatórios: Gado bovino, ovino, caprino, suínos e outros animais, como coelhos.
Doença bacteriana sistêmica, com quadro clínico muito polimorfo.
Início pode ser agudo ou insidioso, caracterizado por febre contínua, intermitente ou irregular, e de duração variável. Mal-estar, cefaléia, debilidade, suor profuso, calafrios, artralgia, estado depressivo eperda de peso estão presentes.
Em alguns casos, podem surgir supurações de órgãos, como fígado e baço.
Quadros subclínicos e crônicos são freqüentes e de duração de meses e até anos, se não tratados.
Complicações ósteo-articulares podem estar presentes em cerca de 20 a 60% dos pacientes, (articulação sacroilíaca é a mais atingida).
Orquite e epididimite têm sido relatadas e pode ocorrerendocardite bacteriana. Recidivas ocorrem.
Modo de transmissão:
a) Ingestão de leite crú e verduras cruas, (irrigadas com água ou adubadas com esterco animal contaminado) e derivados provenientes de animais infectados;
b) Contato direto com tecidos, sangue, urina, secreções vaginais, fetos abortados, placenta (importante fonte de infecção). (As brucelas penetram pela pele íntegra, embora pequenas lesõesfacilitem o contágio;
c) Inalação de aerossóis;
d) Inoculação artificial (acidentes em laboratórios).
Condições climáticas e higiene pessoal e do ambiente também influenciam na transmissão da infecção.
Complicações: Endocardite bacteriana sub-aguda que, pode levar ao óbito; Artrites são comuns. Infecções do aparelhos geniturinário e respiratório (em alguns casos).
Característicasepidemiológicas: Freqüentemente ligada à atividade produtiva, comum em trabalhadores que lidam com gado e no beneficiamento de leite e derivados.
Medidas de controle: Consumir leite e outros derivados pasteurizados, evitar contato com animais doentes, cuidado no manejo para eliminação de placentas, secreções e fetos dos animais. Desinfecções das áreas contaminadas por secreções.

Coccidioidomicose...
tracking img