Xzczxfxs

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6957 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CAPÍTULO 2
ORALIDADE E ESCRITA

2.1 Contextualizando
Você deve ter percebido, no capítulo anterior, que há alguns mitos a respeito do funcionamento da língua e de algumas coisas que aprendemos, as quais são, na verdade, formas de se entender o processo de comunicação. Já percebemos que não há apenas uma forma de se compreender a gramática e que a Gramática Normativa é apenas uma dessasformas. Outra coisa que muito se escuta a respeito da língua portuguesa é que ela é difícil por sua estruturação, mas as palavras não são assim tão difíceis, exceto por alguns detalhes de ortografia, por exemplo, aquilo de se escrever uma palavra com “x” ou com “s”. Mas será que é verdade que a gente fala como se escreve ou escreve como se fala? Se repararmos, falamos muita coisa que não se vê escrita,pelo menos, não em documentos oficiais, em textos acadêmicos, em notícias de jornal etc. Quer ver um exemplo? Você está procurando um amigo. No shopping, encontra outra pessoa, um amigo comum seu e do amigo que você procura. Imediatamente, ao ver esse amigo em comum, você pergunta: “Cê viu fulano?”. E seu amigo, prontamente, responde: “Nos últimos instantes, não o vi. Não obstante, ao vê-lo,digo-lhe que tu estás a sua procura”. Já imaginou como você se sentiria? Não teria vergonha de ter-lhe dito “Cê”? Você não acha que seu amigo é esnobe demais? Quem estava mais adequado ao se expressar nessa situação? Você, que se mostrou próximo, descontraído, camarada, ou seu amigo, que se pautou pela Gramática Normativa para se comunicar consigo em uma situação extremamente informal?

Leitura eProdução de Textos

35

Capítulo 2

Por certo, ambos fizeram escolhas, ambos estabeleceram parâmetros distintos para a comunicação, e isso ficou marcado pela forma com que tomaram a língua portuguesa, que algumas pessoas dizem ser escrita e falada de forma igual. Neste capítulo, vamos descobrir que os iguais não são tão iguais assim e que, para se comunicar corretamente, oralidade e escrita,embora possam se imiscuir uma na outra de vez em quando, não são comutáveis sem critérios específicos. Assim, não se pode usar uma em lugar de outra, sem que isso seja um procedimento realizado sob critérios que atendam a um propósito. Ao final desta etapa, você será capaz de: • distinguir as marcas de oralidade presentes na escrita; • perceber as especificidades tanto da oralidade quanto daescrita; • adequar sua fala e escrita à situação de comunicação; e • valorizar adequadamente as idiossincrasias da oralidade.

2.2 Conhecendo a teoria
Como vimos, língua falada não é língua escrita. Ambas têm funções sociais distintas e podem ser entendidas como duas formas específicas de se utilizar a língua. Cada qual, então, deve ter suas características. Vejamos, agora, como ambas são entendidase estudadas.

2.2.1 A soberania da escrita
Os valores sociais atribuídos à escrita são tantos que, na história da humanidade, são considerados dois períodos, a Pré-história e a História, separados por um divisor de águas: o surgimento da escrita. O período que chamamos de Pré-história é assim intitulado porque, naquele período, não existia a escrita. Na chamada Pré-história, os povos se valiamde figuras gravadas em pedras. Essa forma de comunicação, de expressar pensamentos e emoções por intermédio desses símbolos é conhecida como escrita pictórica, mas não era, exatamente, escrita.

36

Leitura e Produção de Textos

Capítulo 2

O surgimento da escrita – chamada de cuneiforme – se deu, mais ou menos, por volta do ano 4000 a.C., na Mesopotâmia, e marca o que conhecemos como operíodo da História, porque muito de o que hoje sabemos da história do homem se deu pelo conhecimento dos registros encontrados nas placas de argila daquele povo. Poderíamos, então, dizer que a humanidade se divide em período Pré-escrito e período Escrito.
Figura 1 - Exemplo de escrita pictórica Fonte: .

Figura 2 - Exemplo de hieróglifos Fonte: .

Os egípcios antigos também se valeram de...
tracking img