Weber a e modernidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2042 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Weber a e Modernidade.


Que idéias afloram à nossa mente quando tentamos definir a modernidade? Na realidade há várias idéias de modernidade que perpassam diferentes correntes do pensamento social e filosófico, mas em termos gerais pode-se defini-la como um conjunto abrangente de mudanças intelectuais, sociais, econômicas e políticas que deram origem ao mundo moderno. Essas transformaçõesexpressam-se em algumas categorias e conceitos que podem ser considerados símbolos da modernidade: racionalização, individualização, capitalismo, ciência, tecnologia, progresso, liberdade, Estado, Nação, industrialização, urbanização, revolução, democracia, sociedade civil e muitos outros.
Muitos desses conceitos-chaves estão presentes na obra do sociólogo alemão Max Weber (1864-1920). Contudo, arelação de Weber com a modernidade é ambivalente, pois, por um lado, é apontado como o autor que identifica, por excelência, os tempos modernos como um processo de “desencantamento do mundo”, isto é, de emergência de um mundo governado pela razão humana. Por outro, é citado repetidamente como um crítico contundente de um mundo moderno marcado por uma racionalização burocrática que subjuga einstrumentaliza o homem.
É essa concepção antinômica e contraditória de modernidade presente no pensamento weberiano que procuro explorar neste trabalho, na medida em que acredito que sua obra configura uma característica intrínseca da modernidade, seu caráter libertador e dominador, emancipador e alienante, criativo e destruidor.

A idéia de modernidade em Max Weber.

Weber configura amodernidade tomando como idéia central a racionalização do mundo, compreendida como um processo de desencantamento, de profanação da consciência humana, de dissolução de formas de pensar e viver tradicionais. Analisa também as características que definem a gênese e o desenvolvimento da sociedade moderna, compreendendo-a como tecido social organizado em torno da empresa capitalista e do aparelhoburocrático estatal. Segundo Weber, a empresa capitalista e o Estado moderno constituem as formas por excelência de institucionalização do pensamento racional, respectivamente em relação ao agir econômico e à administração pública.
São esses elementos emblemáticos – a racionalização, a empresa capitalista e o Estado – da idéia weberiana de modernidade que procuro analisar.

Racionalização.

Se aidéia de modernidade em Marx está centrada no modo de produção capitalista que provoca uma transformação contínua das relações sociais e econômicas, das produções artístico-culturais, da ciência e da tecnologia, em Durkheim, na progressiva divisão do trabalho social, em Weber, a chave é a racionalização, isto é, a predominância no mundo moderno de ações sociais do tipo racional com relação a fins nasmais diferentes esferas da vida social (na economia, na política, na ciência, na cultura).

“Observar, calcular, essas são as marcas características da modernidade para Weber. O método de laboratório do cientista, o livro de lucros e perdas do capitalista, as regras e distinções do burocrata dentro da organização, tudo atesta o significado da racionalização”(Lyon, p. 42).

Enfim, os padres eprofetas dão lugar aos cientistas e legisladores como expressão das novas orientações que regem o mundo moderno.
O conceito weberiano de racionalização pode ser desdobrado em três vertentes básicas: significa um processo progressivo de intelectualização, de enfraquecimento de concepções teológicas; o predomínio no mundo moderno de ações sociais radicadas no estabelecimento de fins práticos e douso de cálculo preciso dos meios adequados para atingi-los (racionalidade que rege as modernas organizações burocráticas, como o Estado e a empresa capitalista); e a hegemonia de uma ordem social do tipo legal-burocrática, institucionalizada no Estado Moderno.
Ao enfatizar a constituição de um processo de racionalização do pensar e das condutas humanas como característica marcante da era...
tracking img