Wallon

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (576 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
HENRI WALLON (1879-1962)
Nasceu em Paris. Médico, psicólogo, filosofo, pesquisador e professor
Intensa participação na política de sua época
Fundou lab. De pisco. Da criança (introduziu a psico.Escolar)

PRINCIPAIS CARAC. DA SUA TEORIA
Opõe-se a visões reducionistas. Visão mais ampla de desen. Humano. Preocupa com questões da biologia e afetividade.
Pessoa contextualizada, completa ecomplexa. Como a pessoa é formada?
Afetividade-motricidade-inteligencia. Como a pessoa se torna pessoa? Contexto integrado de desen.
O desen. Indiferenciado passa por uma diferenciação eindividuação.
Admite limite entre organ. E social, mas tem dualismo. Tenta superar essas questões. Materialismo dialético:olhar imparcial sobre os acontecimentos
Existe mundos contraditórios dessa matéria mundoentre a consciência.
O organismo condição primeira do pensamento: primeiro biólogo depois social. Se não tem cérebro, não tem pensamento. Homem determinado tanto fisio quanto sócio, sujeitoportanto, uma dupla historia, disposições internas e externas relacionadas - se movimentam da mesma maneira dependendo do processo. Ser é geneticamente social.
Teoria: piscogenese da pessoa completa.Patologia: sujeito mais lento, determinado nível de desen. Ex: surdo, deficiente mental. Algum desen não atípico.
Estudou varias síndromes piscomotoras, importância do movimento.
Na dependência dooutro.
- Trabalha com observação da criança no contexto natural ( diferente de vig e piaj )
Para entender criança e indivi precisamos analisa-lo dentro de seu conceito histórico. Cada idade estabeleceum tipo particular de interação entre suj e meio ambiente.

Pessoa, movimento , inteligencia, afetividade ( e cognitiva predominância func. Mental) – CAMPOS FUNCIONAIS!
Predominancia Funcional:interfere na forma como se relaciona com o mundo
Alternancia fun: aquilo que vê, integrado naquilo que está . Alternancia entre formas e interesses da criança. Ora interior: volta para o eu....
tracking img