Vygtostky

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1962 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CAPITULO 3

LEV VIGOTSKY

3.1 CONTRIBUIÇÕES DE VIGOTSKY Á EDUCAÇÃO

Lev Vygotsky foi um psicólogo Bielo Russo (1896 – 1934).
“Ele foi um pensador complexo e tocou em muitos pontos nevrálgicos da pedagogia contemporânea” (diz Tereza Rego, Professora da Universidade de São Paulo).
Vygotsky acreditava que o conhecimento se da através da inteiração com o próximo, ou seja,que as pessoas aprendem mais convivendo em grupos, compartilhando experiências. “O saber que não vem da experiência não é realmente saber”. (Lev Vygotsky).
De acordo com essa idéia, pode-se concluir que é muito importante que as crianças precisem interagir uns com os outros trocando experiências, e um pode ensinar o que o outro colega não sabe e vice versa, e ainda que o próprio professornão é dono do saber mas sim que ele está ali para aprender também com os alunos. É importante que o educador tenha um relacionamento aberto com o aluno, de companheirismo para que os alunos se sintam a vontade para se relacionar em grupo, e para compreender que trabalhos em equipe podem dar certo.

3.2 VYGOTSKY E A PSICOLOGIA SOCIAL HISTÓRICA

Para Lev Vygotsky, as pessoas aprendem muitomais através de conhecer o que o outro pode somar em nossas vidas, e acredita também que “todo aprendizado é necessariamente medido” (Pg. 93 Revista Nova Escola), ou seja, que as crianças vão aprender e compreender algo nunca visto antes, como novas atividades a habilidades, através das experiências de um adulto dar nas mãos de uma criança de aproximadamente 2 anos dar a ela um pente, mas somentecolocar nas mãos dela e não dizer nada, a criança vai olhar o pente e colocar na boca, bater nas coisas com o pente e não vai usar o pente como deve se usado. Mas se o adulto colocar o pente nas mãos da criança, e lhe dizer que aquilo e para pentear os cabelos, fazer o gesto e logo em seguida sair, e deixar o pente nas mãos da criança, a mesma vai usar o pente adequadamente. Ou seja, essa é umaforma de mediação, o adulto mostra para a criança o que é o ebjeto e qual sua utilidade. “O Caminho desde o objeto até a criança e desta até o objeto passa por outra pessoa”. (Lev Vygotsky – Pg. 94 Revista Nova Escola).
Ou seja, com essa idéia de mediação só reforça o quanto é importante que as pessoas tenham consciência o trablaho em equipe e da troca de experiências. Para Vygotsky o ser seforma não sozinho mas em sociedade; “na ausência do outro, o homem não se constrói homem” (Lev Vygotsky – Pg. 92 Revista Nova Escola)).
Outro ponto para Vygotsky é que as pessoas aprendem de acordo com o meio em que vivem, e para a teoria de Vygotsky é a relação que cada pessoa estabelece com determinado ambiente, que foi chamada de experiência pessoalmente significativa (Revista Nova Escola –Tereza Rego, Pg. 93). Podemos dizer com essa idéia que cada pessoa vive em determinado ambiente, com isso cada pessoa aprende as coisas de formas diferentes, cada pessoa traz uma experiência diferente de vida, e com essas experiências é importante que os indivíduos se relacionem e troquem essas experiências.
E para Vygotsky, o chamado de funções psicológicas superiores, é essa idéia quediferencia os homens dos outros animais, que os homens se formam por pensar e por ter a capacidade de aprender, usando a consciência e o discernimento. É basicamente o que Tereza Rego diz “Uma criança nasce com condições biológicas de fa prolar, mas só se desenvolverá a fala se aprender com os mais velhos da comunidade” (Diz Tereza Rego – Pg. 93 – Revista Nova Escola).
Vygotsky também trouxe umconceito chamado de zona de desenvolvimento proximal, que foi entendido como a distância entre o desenvolvimento real de uma criança e o que ela tem o potencial de aprender. Essa zona de desenvolvimento proximal é o caminho em que a criança consegue fazer sozinha e o que ela está perto de conseguir fazer sozinha.

3.3 PIAGET E VIGOTSKY: UMA RELAÇÃO NECESSÁRIA

Muitos estudiosos...
tracking img